Auxiliar do Fluminense revela que comissão técnica aceitou reduzir salários

Mauricio Dulac disse que outros profissionais abriram mão de valores acima dos 15% já reduzidos

Por Lance

Bittencourt: bronca em Jesus
Bittencourt: bronca em Jesus -
Após gerentes, diretores e prestadores de serviços do Fluminense reduzirem os salários em 15%, chegou a vez da comissão técnica ajudar o clube. Em entrevista à Rádio Globo, o auxiliar técnico Maurício Dulac revelou que alguns profissionais diminuíram a mesma porcentagem dos seus vencimentos, enquanto outros abriram mão de um valor até maior.

- Essa questão é bem pessoal. Claro que a gente busca sempre ajudar o clube, sabemos que todos estão passando por um momento difícil. Tiveram algumas ações dos membros da comissão técnica, fazendo essa redução salarial, uns de 15%, outros um pouco mais - afirmou Dulac, opinando também sobre o acordo com os jogadores.

- Isso é bem pessoal, cada um sabe o que pode fazer para ajudar o clube. Acho que essa questão ainda vai avançar, vai haver um consenso com os jogadores, tendo uma maneira de ajudar o clube. Agora, o quanto será essa redução, é difícil de impor ou determinar.

O Fluminense ainda negocia com o elenco um acordo de redução dos salários, tendo em vista que não há previsão de retorno do futebol, por conta da pandemia de coronavírus.

Comentários