Após ser acionado na Fifa por dívida com goleiro, Fluminense busca acordo com clube uruguaio

Jogador chegou ao clube carioca no ano de 2018

Por Lance

De Amores
De Amores -
Rio - O Fluminense foi acionado na Fifa por uma dívida de US$ 212 mil (cerca de R$ 1 milhão na cotação atual) pelo empréstimo do goleiro Guillermo de Amores, contratado em 2018 e que nunca chegou a jogar pelo clube, junto ao Boston River (URU). A informação foi noticiada inicialmente pelo Netflu e confirmada pelo LANCE!.

Para evitar possíveis sanções futuras, que podem incluir até perda de pontos, o Fluminense já entrou em contato com o clube uruguaio para chegar a um acordo.

De Amores chegou ao Flu em 2018 após se destacar exatamente em um duelo contra o Tricolor na Sul-Americana, quando defendia o Liverpool (URU). A torcida fez um movimento nas redes sociais pedindo a contratação e a diretoria, na época comandada por Pedro Abad, a realizou. O Fluminense desembolsou US$ 200 mil (R$ 980 mil na cotação atual) e o vínculo tinha opção de compra de US$ 1,5 milhão (RS 7,35 milhões atualmente).

No entanto, o goleiro uruguaio sequer entrou em campo e foi relacionado apenas uma vez, em jogo da Copa do Brasil. Ele não ganhou a confiança de Abel Braga, que chegou a contestar a contratação publicamente. Depois, sofreu duas lesões musculares na panturrilha direita e uma grave lesão no joelho direito. Por esta, precisou passar por cirurgia e o Fluminense, inclusive, precisou estender o empréstimo por mais seis meses para o jogador completar a recuperação. De Amores está sem clube atualmente.

Comentários