Fluminense encara Atlético-GO em busca de vantagem na Copa do Brasil

Tricolor joga no Maracanã e precisa superar dificuldade em conseguir placares menos apertados

Por O Dia

Odair conversa com jogadores em treino. 
No detalhe, a terceira camisa
Odair conversa com jogadores em treino. No detalhe, a terceira camisa -
Depois de acabar com o jejum de três rodadas sem vencer com o 2 a 1 sobreo Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro, o Fluminense pode voltar sua atenção apenas para a Copa do Brasil. Ao abrir no Maracanã o duelo contra o Atlético-GO, às 21h30, pela quarta fase da competição, o Tricolor tem a possibilidade de construir vantagem importante de gols para ter tranquilidade de garantir a classificação em Goiânia. Para isso, precisará superar uma deficiência em 2020: de conseguir placares mais elásticos para resolver logo o confronto.
Durante toda a temporada, o Fluminense jogou 18 vezes contra adversários da elite brasileira e conquistou sete vitórias. Em apenas duas delas conseguiu uma diferença de mais de um gol: nos clássicos contra Botafogo (3 a 0) e Vasco (2 a 0) pelo Campeonato Carioca, antes da paralisação do futebol.
No Campeonato Brasileiro, o Fluminense teve oportunidades de vencer com mais tranquilidade, mas não conseguiu ainda. Abriu o placar contra Athletico-PR, Vasco, Corinthians, São Paulo e Atlético-GO, mas não conseguiu resolver os jogos. Contra o Furacão, segurou o 1 a 0. No clássico carioca e também contra o Timão, o Tricolor chegou a fazer 2 a 0, mas em ambos os confrontos acabou vazado nos minutos finais. Contra os são-paulinos levou a virada e tropeçou nos goianos.
"Acredito que não é algo que aconteça só no Fluminense, é geral no futebol brasileiro. O campeonato é muito nivelado, todo time tem qualidade de jogar e atacar. É natural quando a gente consegue a vantagem o outro buscar o empate e pressionar. Precisamos achar o equilíbrio, de se portar bem atrás sem abrir mão do ataque", analisou Muriel, que completa.
"A gente às vezes tem pecado no segundo tempo. Em outros entramos desligados no primeiro. É buscar o equilíbrio sabendo que o jogo pode ser decidido num detalhe e ficar atento os 90 minutos".

Comentários