Igor Julião
Igor JuliãoLUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.
Por Leonardo Damico
Rio - Mesmo com investimento menor do que clubes como Flamengo, Atlético-MG e Palmeiras, o Fluminense vem fazendo boa campanha no Campeonato Brasileiro até aqui. Com 36 pontos e na 8ª posição na tabela, o Tricolor está a apenas um ponto do G-4 do torneio. Neste sábado, o clube encara o Athletico Paranaense, no Maracanã, pela 24ª rodada da competição. Titular do Flu na temporada, o lateral Igor Julião ao DIA falou sobre a boa fase do time.

"Fruto de muito trabalho de todos, desde diretoria, comissão técnica, passando pela preparação física, departamento médico, funcionários, jogadores... Todo mundo tem importância e a junção desse fatores tem dado resultado. Nosso time é guerreiro, bem cara de Fluminense, então se um dia não dá na técnica, vai na raça... Estamos fechados como uma família e seguiremos focados na briga pelas primeiras posições do Brasileirão", analisou Julião.

No início do ano, parecia que o Fluminense teria outra temporada ruim, com briga para fugir do rebaixamento. As quedas precoces na Copa Sul-Americana e Copa do Brasil fizeram com que o técnico Odair Hellmann balançasse no cargo, mas a diretoria bancou a permanência do treinador. E agora, apesar da briga no pelotão de cima do Brasileirão, parte da torcida Tricolor ainda questiona o trabalho do comandante, que foi elogiado por Julião:

"No futebol brasileiro, há pressão todo dia, de todos os lugares. Estamos acostumados. Sabemos que torcedor é passional, então não devemos nos deixar levar por críticas, nem por elogios. Temos de buscar evoluir sempre. Acredito que não há dúvidas de que o trabalho do Odair é muito bem feito, pois há grandes equipes no Brasileirão e estamos conseguindo nos manter no bolo da frente. Quando o Fluminense anunciou o Odair, eu fiquei muito feliz, pois ele vinha de um grande trabalho no Internacional e, sem dúvidas, é um ótimo profissional e um dos grandes treinadores do futebol brasileiro hoje em dia. O grupo é muito fechado, entre jogadores e comissão técnica, a relação é a melhor possível", disse.
Rio de Janeiro, RJ - Brasil - 30/11/2020 - Maracanã - Igor Julião Campeonato Brasileiro. 23ª Rodada. Jogo Fluminense x Bragantino. FOTO DE MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC  IMPORTANTE: Imagem destinada a uso institucional e divulgação, seu uso comercial está vetado incondicionalmente por seu autor e o Fluminense Football Club.  IMPORTANT: Image intended for institutional use and distribution. Commercial use is prohibited unconditionally by its author and Fluminense Football Club.  IMPORTANTE: Imágen para uso solamente institucional y distribuición. El uso comercial es prohibido por su autor y por el Fluminense Football Club. - Mailson Santana/Fluminense FC
Rio de Janeiro, RJ - Brasil - 30/11/2020 - Maracanã - Igor Julião Campeonato Brasileiro. 23ª Rodada. Jogo Fluminense x Bragantino. FOTO DE MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC IMPORTANTE: Imagem destinada a uso institucional e divulgação, seu uso comercial está vetado incondicionalmente por seu autor e o Fluminense Football Club. IMPORTANT: Image intended for institutional use and distribution. Commercial use is prohibited unconditionally by its author and Fluminense Football Club. IMPORTANTE: Imágen para uso solamente institucional y distribuición. El uso comercial es prohibido por su autor y por el Fluminense Football Club.Mailson Santana/Fluminense FC

Além do Fluminense, Igor Julião também já somou passagens por outros clubes como ABC, Ferroviária, Macaé, Sporting Kansas City e STK Samorin. Revelado pelo Fluminense no início da década, o lateral teve poucas oportunidades no início da carreira no Tricolor, mas nos últimos dois anos vem somando número de jogos. Já tem uma sequência de 11 jogos como titular, com cinco vitórias e apenas duas derrotas. É um dos líderes de assistência do elenco, com três.

"Também só tenho a agradecer ao Fluminense e toda estrutura que o clube oferece. O departamento médico, a fisiologia, preparação física, todos foram muito importantes para eu conseguir desempenhar meu futebol neste ano. Passar pelo período de pandemia não foi fácil, ainda estamos vivendo isso e é complicado. Mas, graças a Deus, pude estar em campo e ter uma sequência. Meu único foco é poder ajudar o Fluminense a estar na parte de cima da tabela e brigando por grandes objetivos", comentou.

Julião também é notabilizado pelos posicionamentos políticos fora das quatro linhas. Estudioso e leitor assíduo, o jogador expressa opiniões e defende causas sociais nas quais acredita nas redes sociais, e por conta disso, recebe críticas de alguns torcedores. No entanto, o atleta afirmou que não esconderá preferências e não deixará de levantar bandeiras sociais importantes na internet.

"Eu já falei muitas vezes sobre isso, e sempre deixei claro que não vou esconder minhas preferências e as bandeiras que eu levanto. Não acho que seja um problema defender questões sociais, igualdade, ou ser contra homofobia, machismo, racismo... são questões humanitárias e de cidadania. Jogador de futebol tem o privilégio de ter uma voz para ser ouvida, então temos que ajudar as pessoas a serem melhores e a pensarem no próximo. Pra mim, isso é um dever como ser humano", finalizou,

Confira outros trechos da entrevista de Igor Julião:

Passagens por Sporting KC e Samorin
"Eu era muito novo, essas experiências internacionais me ajudaram a me formar como pessoa, como homem, não apenas como atleta. Sobre a experiência profissional, pude aprender muito com novas filosofias, a parte tática era totalmente diferente. Poder conhecer outras culturas e pessoas de vários lugares do mundo também me ajudaram a me moldar como pessoa também e a enxergar as coisas de outra forma"

Carinho pelo Fluminense
"O Fluminense não é nem minha segunda casa, é a minha primeira (risos). Eu nasci para o futebol no Fluminense, cresci aqui, então todas as conquistas me marcaram, seja como torcedor ou jogador do clube. Hoje em dia temos o privilégio de ter o Fred aqui, que foi um dos grandes nomes das últimas conquistas. Essa experiência, além de caras como Nenê, Ganso, é fundamental para que possamos nos fortalecer e brigarmos por coisas grandes novamente"