Digão durante o confronto com o Bahia, pelo Campeonato Brasileiro - Foto: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.
Digão durante o confronto com o Bahia, pelo Campeonato BrasileiroFoto: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.
Por O Dia
Rio - Além da saída do técnico Odair Hellmann, o Fluminense também perdeu o zagueiro Digão, que acertou com o Buriram United, da Tailândia. Pela transferência do defensor, o Tricolor receberá uma compensação financeira de R$ 1 milhão, segundo informações da 'Rádio Globo'. O jogador de 32 anos tinha contrato com a equipe carioca até dezembro de 2022.
SAIBA MAIS SOBRE O MUNDO DOS ESPORTES

Com a saída da dupla, o Fluminense economizará quase R$ 500 mil mensais em salários. Somados, Digão e Odair Hellmann recebiam R$ 480 mil. O treinador tinha contrato até o final do ano e a diretoria pretendia renovar até o final do Brasileirão, em fevereiro. Com a saída de Maurício Dulac, auxiliar de Odair as economias ultrapassam o valor de meio milhão.