Mário Bittencourt
Mário BittencourtLucas Mercon
Por O Dia
Rio - Com a estreia da Libertadores chegando e o Fluminense bastante modesto no mercado, os torcedores têm se mostrado preocupados com a preparação da equipe para o torneio, após oito anos de ausência na principal competição de clubes da América do Sul. Em entrevista à Flu TV, o presidente Mário Bittencourt tentou acalmar os torcedores e afirmou que o elenco será reforçado para a fase de grupos do torneio.
"Estamos discutindo internamente, com representantes de jogadores e clubes. Vamos contratar antes do prazo das inscrições. Temos certeza que vamos conseguir dois ou três nomes para disputar a competição bem forte", afirmou o presidente.
Mário Bittencourt também falou das negociações que o Fluminense vinha fazendo nas últimas semanas que acabaram não tendo um desfecho positivo. O atacante Matheus Babi esteve perto de um acordo, mas o Botafogo acabou não aceitando a oferta do Tricolor.
Publicidade
"Fizemos proposta por Babi, o clube que detém direitos aceitou, ele aceitou, mas o Botafogo não se interessou em fazer a operação conosco e saímos da operação. Tem mais três ou quatro situações em andamento. Essas foram dadas publicidade e por isso estou falando. As outras não vamos falar", disse.
Sobre Willian Bigode, apesar do empresário do atleta ter afirmado que a negociação com o Fluminense não deverá ocorrer, o presidente Mário Bittencourt ainda se mantém otimista com a possibilidade de trazer o atacante do Palmeiras.
Publicidade
"O Willian sempre nos interessou desde o início, mas depende de uma decisão interna deles. Está jogando finais pelo Palmeiras. A resposta é que nada será falado sobre esse assunto até ele jogar as finais", revelou.