Com dificuldades, Zagallo participa do revezamento da tocha olímpica no Rio

Quatro vezes campeão do mundo com a seleção brasileira, o ídolo do futebol brincou: 'Foi como conquistar um campeonato'

Por renata.amaral

Ao lado do filho e de Parreira%2C Zagallo conduziu a tocha olímpicaDivulgação

Rio - Uma das cenas mais emocionantes da Olimpíada do Rio aconteceu antes mesmo dos Jogos começarem. Depois de meses de revezamento da tocha olímpica, foi a vez de Zagallo conduzí-la. Aos 84 anos e em uma cadeira de rodas, o quatro vezes campeão do mundo com a Seleção - duas como jogador, uma como técnico e uma como coordenador - recebeu o fogo de Carlos Alberto Parreira, na Barra da Tijuca.

Esta foi a segunda vez que Zagallo teve o privilégio de conduzir a tocha. Em 2004, antes da Olimpíada de Atenas, o ex-jogador participou do tour do revezamento no Rio. Sempre bem humorado, o ídolo ainda brincou com o famoso número 13, sua marca registrada.

"Foi como conquistar um campeonato. Um momento único. E ainda descobri que Tocha Olímpica tem treze letras", disse Zagallo.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia