Com facilidade, Brasil vence a Argentina e segue na liderança do grupo A

Brasileiras tem atuação segura e tranquila para garantir mais uma vitória por 3 sets a 0 e segue em busca do tricampeonato

Por edsel.britto

Rio - O início da caminhada rumo ao tricampeonato olímpico tem sido sem sustos para a seleção brasileira feminina de vôlei. Após vencerem Camarões com facilidade, na estreia, no sábado, as meninas comandadas por José Roberto Guimarães conquistaram outra vitória muito tranquila, desta vez sobre a Argentina, por 3 sets a 0 (25/16, 25/19 e 25/11), no Maracanãzinho. O triunfo foi comemorado mais uma vez com o ‘trenzinho’ das jogadoras, que fizeram questão de cumprimentar o público ao fim da partida.

GALERIA: Confira as imagens da segunda-feira (7) da Olimpíada

“Logo no primeiro jogo, a gente sentiu a emoção de atuar nesse ginásio lotado e essa é uma maneira de agradecer”, afirmou Sheilla.

Sem sustos%2C Brasil passou fácil pela Argentina nesta segunda-feiraFIVB/Divulgação

Na quarta-feira, às 22h35, as brasileiras terão pela frente o Japão. Na sexta-feira e no domingo, os adversários serão a Coreia do Sul e a Rússia, respectivamente.

Assim como na partida contra Camarões, Juciely, que disputa sua primeira Olimpíada, começou novamente no time titular, no lugar da bicampeã olímpica Thaisa, em recuperação de uma contratura na panturrilha esquerda.

LEIA MAIS: Notícias, programação e quadro de medalhas da Olimpíada do Rio

A equipe contou ainda com Fabiana, Dani Lins, Natália, Fernanda Garay e Sheila, além da líbero Léia. Uma das favoritas à medalha de ouro, a Seleção não teve problemas para se impor diante das argentinas desde o início do jogo. Sheilla comandou o Brasil no primeiro set, quando a Seleção abriu 16 a 10 e fechou o primeiro set em 25 a 16.

Superiores às argentinas, as brasileiras também não tiveram problemas para comandar o placar na segunda parcial, vencendo por 25 a 19. No terceiro set, outra vitória tranquila. Sem dar chances às rivais, o Brasil chegou a abrir 13 pontos de vantagem (23 a 10) e fechou a parcial em 25 a 11. 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia