'Não tem nada a ver com o meu time', dispara técnico da Alemanha sobre o 7 a 1

Horst Hrubesch não vê a final da Olimpíada como uma espécie de continuação entre o jogo que eliminou o Brasil da Copa de 2014

Por renata.amaral

Rio - O 7 a 1 ainda está entalado na garganta dos brasileiros. Desta forma, não é difícil ver a decisão olímpica contra a Alemanha, no Maracanã, como uma possibilidade de revanche ou até mesmo redenção. Mas, se do lado da Seleção o pensamento é esse, do lado alemão, a ideia é bem diferente. O técnico Horst Hrubesch afirmou que a semifinal da Copa do Mundo nada tem a ver com a sua equipe olímpica.

"Acho que o 7 a 1 não tem nada a ver com o meu time, que é formado por jovens que vão ter uma oportunidade única que é disputar uma final no Maracanã. Temos de aproveitar e celebrar isso, é o que vamos fazer. Será um sonho. Estou muito agradecido aos meus jogadores, estão fazendo um trabalho fantástico", disse o técnico, que completou:

"Vamos jogar ofensivamente, sempre jogamos assim. É nosso estilo. Não podemos jogar de outra forma. Vamos ver se teremos sucesso dessa forma."

O tão esperado confronto entre Brasil e Alemanha, valendo o ouro da Olimpíada do Rio, acontece no sábado, às 17h30, no Maracanã.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia