Rio recebe chama paralímpica

Cerca de 360 condutores vão se revezar, em dois dias, para conduzir a tocha do Museu do Amanhã até o Maracanã

Por gabriela.mattos

Rio - É hoje que a Tocha está de volta ao Rio. Desta vez para representar a chegada dos Jogos Paralímpicos, que serão abertos amanhã. Seis dias depois de percorrer as cidades de Brasília, Belém, Natal e São Paulo, o símbolo segue diretamente para o Museu do Amanhã, na Praça Mauá. Ali, às 10h, as cinco chamas regionais, mais a que foi acesa em Stoke Mandeville (cidade inglesa onde nasceu o movimento Paralímpico), se unirão para formar o fogo que iluminará o Maracanã na cerimônia de abertura.

Cerca de 360 condutores vão se revezar%2C em dois dias%2C para conduzir a tocha do Museu do Amanhã até o MaracanãAndré Mourão / Divulgação / Rio 2016

Logo depois, a chama seguirá pela cidade com cerca de 360 condutores, entre os quais, Georgete Vidor, ex-coordenadora da seleção brasileira de ginástica artística que ficou paraplégica em 1997. Hoje o revezamento segue pelas ruas do Rio, passando pelos bairros do Centro, Vila Isabel, Grajaú, Campo Grande, Bangu, Realengo, Deodoro e Madureira, com uma grande festa de encerramento no Parque de Madureira.

Em um roteiro especial, em paralelo, a chamada vai visitar o Instituto Benjamin Constant, em Botafogo, a Urece, em Vila Isabel, e a Biblioteca Parque Estadual, no Centro, que é reconhecida por ser acessível e contar com uma equipe especializada para atender às pessoas com deficiência (PCD), para as quais existem acervo e equipamentos especiais. No fim do dia, vai ao Cristo Redentor, que ganhará as cores da chama. Após a celebração em Madureira, a chama retornará ao Museu do Amanhã onde passará a noite. Será a primeira vez que a chama dormirá fora do hotel dos guardiões.

Até domingo, 1,5 milhão de ingressos já haviam sido vendidos para a Paralimpíada, mas ainda restam cerca de um milhão de entradas. Em apenas um dia, 24 de agosto, foram 145 mil ingressos vendidos, um recorde nos Jogos Paralímpicos. Diversas finais já estão esgotadas, mas importantes competições ainda têm entradas disponíveis. Daniel Dias, o maior medalhista brasileiro nos Jogos, Teresinha Guilhermina, André Brasil e Alan Fonteles decidem medalhas logo nos dois primeiros dias e suas competições ainda possuem ingressos à venda.

Rio em estágio de prontidão

O Rio já está em estágio de prontidão paralímpica desde às 8h desta terça-feira por conta da condição especial da cidade durante os Jogos Paralímpicos. Várias equipes estao realizando operações simultâneas de prontidão.

Com a chegada da Tocha Paralímpica, a nova classificação passou a vigorar. Durante esse período, a cidade terá novamente esquemas especiais de trânsito, bloqueios de vias e haverá mudança nos serviços e nos transporter, que impactarão diretamente os deslocamentos e atividades da população.

Roteiro

10h – Cerimônia de união das chamas no Museu do Amanhã
10h30 – Início do revezamento Centro – Lapa
12h50 – Revezamento – Vila Isabel para Grajaú
13h50 – Deslocamento Grajaú para Campo Grande
15h30 – Revezamento Campo Grande
16h – Deslocamento Campo Grande para Bangu
16h30 – Revezamento Bangu para Deodoro
18h50 – Deslocamento Deodoro para Madureira
19h15 – Revezamento Madureira
20h – Cerimônia de celebração Parque Madureira
11h26 – Visita à Urece em Vila Isabel

13h25 – Revezamento e visita especial ao Instituto Benjamim Constant
14h22 – Revezamento e visita especial à Biblioteca Parque Estadual
18h30 – Revezamento e visita ao Cristo Redentor

?Reportagem da estagiária Alessandra Monnerat

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia