Carlos Farrenberg encerra jejum e conquista primeira medalha em paralimpíada

Em sua terceira competição na carreira, brasileiro conquistou a prata pela primeira vez nos 50m livres

Por edsel.britto

Rio - Após duas paralimpíadas em branco em Pequim e Londres, Carlos Farrenberg finalmente pode soltar o grito que estava preso na garganta por uma conquista. Aos 36 anos, o nadador brilhou na prova desta quarta-feira dos 50m livres S13, para atletas com baixa visão e saiu da água com a prata. 

Carlos Farrenberg tem somente 20% da visão por conta de uma toxoplasmose congênita (doença infecciosa transmitida ainda na gestação). Foi a primeira medalha da carreira do brasileiro em Paralimpíadas. 

Carlos Farrenberg conquistou sua primeira medalha em Paralimpíadas ao ficar com a prata Cleber Mendes/MPIX/CPB


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia