Com show de Leomon, Brasil goleia China e vai à semifinal do goalball masculino

Seleção derrotou chineses por 10 a 3, na manhã desta quarta-feira

Por renata.amaral

Rio - O artilheiro, mais uma vez, fez a diferença. Com um show de gols de Leomon Moreno, que medir oito vezes, o Brasil venceu por 10 a 3 a China e se classificou para a semifinal do torneio paralímpico da modalidade nos Jogos Rio-2016.

Desde o começo da partida, o Brasil mostrava sua superioridade técnica e contava com a ajuda da equipe chinesa. Nos primeiros cinco minutos o placar já apontava 3 a 1, com todos os gols brasileiros oriundos de penalidades cometidas pelos asiáticos. Leomon converteu as três cobranças, enquanto Shuai Shao descontou para a China. A primeira etapa terminou com 5 a 1 no placar - Leomon, novamente, e Josémarcio aumentaram a vantagem.

Brasil fez boa partida e se garantiu na semifinal do goalballCezar Loureiro / MPIX / CPB

Na segunda etapa, Shuai Shao voltou a marcar logo no começo do período. Porém, o Brasil contou novamente com o talento de Leomon, que balançou as redes mais quatro vezes. Josémarcio voltou a marcar e Yang descontou, placar final: 10 a 3.

Após o jogo, o artilheiro brasileiro comentou a brilhante atuação no duelo que abriu a fase de quartas de final da competição.

"Não me recordo se já cheguei a marcar tantos gols em um só jogo, acho que não. Fico feliz por tantos gols e por ajudar na classificação, mas a gente só consegue isso graças ao grupo, a maneira como defendemos e jogamos", disse o camisa 4 brasileiro.

Muito comentada durante a primeira fase, por desrespeitar a regra de silêncio durante os jogos, a torcida brasileira mostrou-se mais adaptada a situação. Foram poucos os pedidos de silêncio ao longo do jogo, disputado na Arena do Futuro.

Na semifinal, o Brasil enfrenta os Estados Unidos, às 13h30, na Arena do Futuro.

Reportagem de Antonio Júnior

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia