Giovanni Augusto defende trabalho do técnico Jorginho no Vasco

Meia vê time brigando na parte de cima da tabela no Brasileirão

Por O Dia

Giovanni Augusto defende o trabalho do técnico Jorginho, xingado por parte da torcida contra a LDU
Giovanni Augusto defende o trabalho do técnico Jorginho, xingado por parte da torcida contra a LDU -

Rio - O Vasco ainda sofre com a ressaca da eliminação na Copa Sul-Americana, mas precisa encontrar forças para se reerguer no Brasileiro, única competição que lhe resta na temporada. Em 13º lugar na tabela, com 19 pontos e dois jogos a menos que os adversários, o time encara o Palmeiras, amanhã, em São Paulo, com a obrigação de buscar um bom resultado para não correr o risco de entrar na zona de rebaixamento tem um ponto a mais do que a Chapecoense, que abre o Z-4. Missão difícil, mas que não abala a confiança do meia Giovanni Augusto.

"Tivemos uma sequência muito difícil no Brasileiro. Corinthians, São Paulo e agora Palmeiras. Mas fizemos um bom jogo contra o São Paulo e vimos que temos condições de ganhar pontos contra essas equipes", disse Giovanni, que ainda não engoliu a queda do Vasco na Copa Sul-Americana o time dominou a LDU, pressionou e criou várias chances de gols, mas a vitória por 1 a 0 foi insuficiente após a derrota por 3 a 1, em Quito. Ele, inclusive, saiu em defesa do técnico Jorginho, muito vaiado pela torcida após a partida em São Januário.

"Acho as críticas injustas. O Jorginho tem feito um bom trabalho diante das dificuldades dos jogos. Tivemos lesões. Mas acho que a parte da torcida que cobra é a minoria. Nós estamos felizes com o trabalho do Jorginho", frisou o meia, que também lamenta a má fase do Vasco no Campeonato Brasileiro. "É muito difícil, porque o Vasco é muito grande, está acostumado a brigar por títulos", ressaltou o jogador, que revelou o segredo para afastar o risco de queda para a Série B.

"Acredito que regularidade é o ponto fundamental. Brasileiro é isso. Não dá para fazer um jogo excelente e outro muito abaixo. Nossa equipe tem só o Brasileiro para focar e buscar o equilíbrio", avisou, acrescentando estar satisfeito com o rendimento da equié e otimista em relação ao futuro: "Acredito que se conseguirmos manter esse nível no Brasileirão podemos brigar na parte de cima da tabela. Tenho certeza que com o trabalho do Jorginho a equipe vai se fortalecer ainda mais."

Comentários