Manga Escobar fez seu melhor jogo contra o Fluminense, quando marcou o gol que iniciou a virada do Vasco - Reprodução
Manga Escobar fez seu melhor jogo contra o Fluminense, quando marcou o gol que iniciou a virada do VascoReprodução
Por O Dia

Rio - O ex-jogador do Vasco Manga Escobar foi demitido por justa causa do Tolima, seu novo clube. O jogador fez um teste do bafômetro promovido pelo próprio clube e foi constatada os índices de álcool. O time colombiano rescindiu o vínculo com o atleta. 

Manga Escobar teve passagem rápida no Vasco - Divulgação

Gabriel Camargo, acionista máximo do Tolima, relatou detalhes do ocorrido e explicou a decisão tomada pelo clube em entrevista à rádio 'RCN'.

"Ele ficou muito triste e começou a beber com a moça, mas parece que a senhora não o levou para Ibagué. Ele adormeceu em uma maca, tiramos fotos dele, eles ligaram para ele, ele fez o teste do bafômetro e deu positivo. Lá, ele confessou que bebeu alguns drinques. Nós cancelamos o contrato por justa causa. Desejamos-lhe o melhor para a carreira", resumiu o diretor.

Manga Escobar, aos 27 anos, teve passagem curta pelo Vasco na temporada passada. O atacante marcou apenas 2 gols em 19 jogos disputados pelo Cruzmaltino. No Tolima, o jogador também não foi muito acionado.

 

Você pode gostar