Ex-Botafogo, Ribamar chega sem custos e com o aval de Valentim - Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Ex-Botafogo, Ribamar chega sem custos e com o aval de ValentimVitor Silva/SSPress/Botafogo
Por O Dia
Publicado 20/12/2018 19:53 | Atualizado 20/12/2018 19:53

Rio - Com orçamento limitado a R$ 4 milhões para contratações em 2019, o Vasco explora a própria marca para driblar as restrições e se reforçar. Bruno César, de 30 anos, rescindiu o contrato com o Sporting-POR, com validade até 2020, para abraçar o 'projeto' de retomada do Cruzmaltino.

O meia-atacante, que assinará contrato de dois anos, chega à Colina para dividir o protagonismo com Leandro Castan e Maxi López. Cirúrgico no mercado, o Vasco tem acerto encaminhado com Raul Cáceres. O Cerro Porteño-PAR aceitou emprestar o lateral-direito até o fim de 2019.

O fato curioso da negociação é Cáceres concordou em pagar do próprio bolso cerca de 50 mil dólares (aproximadamente R$ 192 mil) para complementar os outros 100 mil dólares (cerca de R$ 384 mil) pagos pelo Vasco, segundo o 'Globoesporte.com'.

O lateral-esquerdo Danilo Barcelos, do Atlético-MG, é outro nome bem encaminhado. Aos 21 anos, o atacante Ribamar também comprou o 'projeto' e chega sem custos, apenas pelo salário e o Vasco ainda ficará com 50% de seus direitos. Revelado pelo Botafogo, Ribamar estava no Ohod FC, da Arábia Saudita, e abriu de dinheiro pela visibilidade na Colina.

À frente das negociações, Alexandre Faria, diretor executivo, revelou que o Vasco segue no mercado para montar um elenco competitivo em 2019. "Tem mais atletas em negociações sim, mas não podemos citar nomes para não atrair concorrência. O Vasco terá um time competitivo", disse à 'ESPN'.

Você pode gostar