Leandro Castan fala sobre permanência no Vasco: 'Sou feliz onde me querem bem'

Zagueiro é considerado um dos pilares da equipe carioca

Por O Dia

Castan fica no Vasco
Castan fica no Vasco -

São Paulo -  Alvo do Corinthians ao fim do Campeonato Brasileiro, Leandro Castan bem que tentou se esquivar da polêmica negociação aberta pelo seu pai e empresário, Marcelo Castan. Irritado, o Vasco bateu o martelo e garantiu que só negociaria o seu capitão mediante ao pagamento da multa rescisória de R$ 30 milhões.

"Deixo tudo na mão do meu pai, que cuida da minha carreira. Fiquei incomodado porque falaram que estava forçando a saída do Vasco, que estava pedindo time forte. Não é verdade. Sou feliz num lugar onde me querem bem", disse Castan, que terá o salário reajustado, conforme previsto no contrato válido até o fim do ano.

Considerado um dos pilares do Vasco, o zagueiro, que passará a vestir a camisa 5, deve seguir como o capitão em 2019 e é nome certo na estreia do Carioca contra o Madureira, no dia 19. De olho na nova temporada, o zagueiro tentou encerrar de vez a polêmica ao ser questionado sobre o seu futuro.

"Acho que está resolvido. Estou aqui, não estou? O que não está resolvido é o Arrascaeta, que não voltou (para o Cruzeiro). Eu estou aqui, estou trabalhando, feliz. Para mim, está tudo certo", afirmou o zagueiro.

Nesta terça-feira, o volante Lucas Mineiro se juntou à delegação em Atibaia, onde o Vasco finalizará a pré-temporada no dia 17. Até sexta, o atacante Rossi deve ser anunciado.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia