Federação do Rio veta clássicos entre Vasco e Fluminense no Maracanã

Resolução da entidade vale até que clubes cheguem a acordo sobre a posição da torcida no estádio

Por MARCELO BERTOLDO

Confusão antes da final da Taça Guanabara
Confusão antes da final da Taça Guanabara -

Rio - Até que Vasco e Fluminense cheguem a um acordo sobre o posicionamento das torcidas no Maracanã, o principal palco do futebol carioca não abrigará mais o clássico. Em resolução publicada nesta segunda-feira, a Federação de Futebol do Rio anunciou a proibição para possíveis novos confrontos no Campeonato Carioca.

A drástica decisão foi tomada após a temerária polêmica protagonizada pelas diretorias de Vasco e Fluminense pela disputa pelo Setor Sul do Maracanã. Fora do estádio foi o torcedor que pagou o preço pela irresponsabilidade dos cartolas, com cenas de confusão, violência, que motivaram a abertura dos portões com quase 30 minutos de bola rolando no primeiro tempo.

A resolução da Ferj tem validade até o fim do ano, mas se aplica apenas em jogos do Carioca. No Campeonato Brasileiro, o mandante tem direito a 90% da carga total de ingressos. Portanto, a polêmica pode reacender num possível confronto na fase final da Taça Rio, do Carioca e do Brasileirão, em caso de mando do Vasco.

Em 2013, o Fluminense assinou contrato de 35 anos com o consórcio que administra o Maracanã e, desde então, passou a alocar sua torcida no Setor Sul. O Vasco, primeiro campeão carioca do estádio, em 1950, ganhou o direito de escolher o lado de sua preferência. E assim foi criada a polêmica pelo uso do lado da discórdia.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários