Após boa atuação, Maxi López confia no ano passado para bom Brasileirão do Vasco

Argentino teve início irregular no Vasco na atual temporada, mas mostrou evolução física e espera repetir mesmos números do Campeonato de 2018

Por LANCE

Maxi López
Maxi López -

Rio - Após um início de temporada conturbado, Maxi López deu sinais contra o Santos, pela Copa do Brasil, na última quarta-feira, que está voltando ao auge da forma física. Diante do Peixe, o argentino participou da partida com uma assistência e movimentações, sendo importante para a produção ofensiva da equipe comandada por Marcos Valadares.

Agora, Maxi López tem a chance de repetir esse fator no Brasileirão. O Vasco estreia na competição neste domingo, contra o Athletico Paranaense, na Arena da Baixada, às 16h. No ano passado, o argentino foi um dos protagonistas da campanha de recuperação do Cruz-Maltino na competição, caindo nas graças da torcida.

Os números explicam: contratado durante a competição, Maxi López jogou 19 partidas de 23 possíveis no segundo semestre, o que representa 82,6% de aparições dos jogos desde que ele havia assinado com o Cruz-Maltino. Com a recuperação física, a tendência é que estes números se repitam.

Além das aparições em partidas, Maxi também se fez presente por conta da participação em gols, sendo um dos principais atletas do setor ofensivo do Vasco no segundo semestre. Nesses 19 duelos, o camisa 11 marcou sete gols e distribuiu seis assistências.

Isso representa 13 participações diretas em gols em 1630 minutos de bola rolando nesses jogos - na média, Maxi López terminou 2019 com uma ação vital para balançar as redes a cada 125 minutos do jogo. Após uma boa atuação diante do Santos, a tendência é que o argentino volte a apresentar as boas atuações com o Cruz-Maltino. Se repetir os mesmos números da temporada de 2018, o atacante terá boa participação no clube.