Com bate-papo e poucas intervenções no treino, Luxa exalta chance de defender o Vasco

Discurso do treinador mexe com o grupo e Andrey recebe atenção especial

Por O Dia

Luxemburgo começou para valer o trabalho à frente do Vasco
Luxemburgo começou para valer o trabalho à frente do Vasco -
Rio - O início da Era Vanderlei Luxemburgo no comando do Vasco foi marcado por uma reunião, nesta terça-feira, de cerca de 30 minutos com os jogadores e comissão técnica e poucas intervenções no coletivo entre os reservas, no CT do Almirante, em Vargem Pequena. Na lanterna do Campeonato Brasileiro, com três derrotas e um empate, o Cruzmaltino recorreu ao especialista Luxa, cinco vezes campeão, para iniciar a prometida arrancada contra o Avaí, domingo, em São Januário.
A primeira impressão foi positiva, garantiu o capitão Leandro Castan. É a primeira vez que ele trabalha com o técnico, que mexeu com o brio do grupo. Castan destacou que o espírito vencedor do novo técnico pode ser o combustível que o Vasco necessitava para reagir e apresentar o futebol que o torcedor tanto tem cobrado.
"Para mim, foi muito positivo (o primeiro contato com Luxemburgo). A energia que traz com ele é de vencedor. É bom ter um profissional do nível dele com a gente, uma energia dessa. Um cara vencedor", destacou Castan.
A semana cheia promete ser de muito trabalho para Luxemburgo, que acompanhou parte do treino ao lado do presidente Alexandre Campello. Com o pior início de Campeonato Brasileiro desde 2003, o Vasco está com o sinal de alerta ligado. O primeiro desafio para encerrar o jejum de vitória na edição de 2019 é acertar a defesa, a pior da competição, com dez gols sofridos em quatro jogos.
Ao destacar a tradição e peso da camisa do Vasco, Luxemburgo apostou no discurso motivacional para garantir uma equipe mais aguerrida, com fome de vitória e com orgulho de defender o clube. Pouco aproveitado, Andrey recebeu algumas das poucas orientações de Luxa ao longo do treino.
"Ele mostrou para a gente. Talvez isso estivesse meio apagado. Mas estamos no Vasco, uma equipe que tem um passado vitorioso, camisa pesada, como sempre disse. Nós temos essa responsabilidade. Precisamos saber que o Vasco é um clube acostumado a vencer", disse Castan. 

Comentários