Vasco mira desempenho fora de ano que buscou Libertadores como meta

Equipe carioca precisa evoluir no Brasileiro

Por Lance

Vanderlei Luxemburgo: reação
Vanderlei Luxemburgo: reação -
Rio - Falta menos de uma semana para o Vasco voltar a disputar jogos oficiais. A volta vai ser sábado, contra o Grêmio, na Arena do Grêmio. Jogar fora de São Januário vem sendo um drama para o Cruzmaltino, que ainda não conseguiu vencer fora de casa no Campeonato Brasileiro: perdeu para Athletico, Santos e Botafogo, além de empatar com Fortaleza. As duas vitórias no campeonato nacional foram dentro de casa.

A dificuldade de vencer fora de casa já vem do ano passado. No Brasileirão de 2018, o clube carioca foi o quinto pior visitante com apenas uma vitória, oito empates e 10 derrotas. A única vitória foi na cidade do Rio de Janeiro, contra o Fluminense, no Maracanã, pelo placar minimo, gol de Maxi López.

Já em 2017, ano que o Vasco acabou se classificando para Libertadores, a boa campanha fora de casa foi um grande mérito. As sete vitórias fora de casa e os quatro empates se evidenciaram ainda mais após a chegada de Zé Ricardo e algumas dessas partidas ficaram marcadas na memória do torcedor vascaíno, como os triunfos contra o Santos, na Vila Belmiro, e contra o Cruzeiro, no Mineirão.

Faltam 15 jogos fora de casa, 45 pontos em disputa. Independente da meta do Vasco no Campeonato, a certeza é que as partidas fora de casa vão ajudar muito o clube a conseguir seus objetivos.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia