Fernando Miguel, sobre arbitragem na derrota do Vasco: 'Não preciso falar nada'

Cruzmaltino teve um gol polêmico anulado pelo VAR

Por Lance

Fernando Miguel
Fernando Miguel -
Porto Alegre - A derrota do Vasco para o Grêmio por 2 a 1, na Arena, em Porto Alegre, ficou marcado por uma interferência polêmica do VAR na partida. No início do segundo tempo, quando o placar marcava 1 a 0 para o Cruz-maltino, Yago Pikachu fez linda jogada individual e aumentou a vantagem para os cariocas no Sul. 

Chamado pelo árbitro de vídeo, porém, Rodolpho Toski revisou o lance e enxergou uma falta contestável de Rossi em Matheus Henrique. Na saída para os vestiários, o goleiro Fernando Miguel falou sobre a decisão e deixou sua crítica nas entrelinhas.

"Foi um erro, não foi um erro? A interpretação foi de falta? Influenciou no jogo que a gente fez? Eu não sei um, só vendo no vestiário, mas claro que influencia. Viemos aqui com uma mentalidade diferente, encaramos a equipe do Grêmio. Acredito que a derrota fica ruim e não diz o que foi o jogo. Um empate ou uma vitória para a gente não estaria de mal tamanho. Fizemos um jogo de igual para igual, mas vamos lá. Vamos ficar calado, não preciso falar nada", disse o goleiro.

Com o resultado, o Cruz-Maltino permanece na 15ª colocação, com 9 pontos. Agora, a equipe busca a recuperação no clássico contra o Fluminense, na pela 11ª do Brasileirão. As equipes se enfrentam no próximo sábado, às 11h, em São Januário.

Comentários