Trio fora dos planos do Vasco faz pré-temporada com o grupo principal

Liberados para procurarem novos clubes, Rafael Galhardo, Cláudio Winck e Bruno César são tidos como moedas de troca

Por O Dia

Donos de altos salários, Bruno César e Rafael Galhardo são vistos como moedas de troca
Donos de altos salários, Bruno César e Rafael Galhardo são vistos como moedas de troca -
Rio - Fora dos planos do Vasco para 2020, os laterais-direitos Rafael Galhardo e Cláudio Winck e o apoiador Bruno César devem continuar treinando com o grupo principal enquanto não definem o futuro. Na gestão de Vanderlei Luxemburgo, os jogadores nessa situação costumavam treinar à parte e em horário diferente, sob a supervisão do auxiliar Ramon Menezes.
Com Abel Braga no comando, o trio tem participado da pré-temporada. Além de contar com um elenco reduzido, com 24 jogadores negociados ou liberados, o Vasco tem a preocupação em não desvalorizar os atletas, que embora estejam fora dos planos, são considerados moedas de troca em possíveis negociações.
Com o acordo selado com Jorge Henrique, referente à dívida de R$ 1 milhão, o Vasco está liberado para registrar atletas na CBF e deve voltar ao mercado em busca de reforços. Para a defesa, Dedé, de saída do Cruzeiro, é o principal alvo. O acerto, porém, não é tão simples, por conta do alto salário do zagueiro em Belo Horizonte.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários