Jogadores do Vasco não concordam com proposta de Campello por treinos em Brasília

Atletas citaram distanciamento da torcida e insatisfação com salários atrasados como fatores

Por O Dia

Alexandre Campello conta com a liberação imediata da verba bloqueada para aliviar a dívida com os funcionários
Alexandre Campello conta com a liberação imediata da verba bloqueada para aliviar a dívida com os funcionários -
Rio - Vasco, Flamengo e Governo Federal se reuniram na última terça-feira para debater a volta do futebol no país. No entanto, uma das proposições feitas por Alexandre Campello, presidente do Cruz-maltino, não foi bem vista pelos jogadores. De acordo com a 'Band', o mandatário sugeriu treinos do elenco vascaíno em Brasília, ideia rechaçada pelos atletas.

Segundo informações do veículo, os jogadores citaram salários atrasados e distanciamento da torcida e família como fatores para a não realização dos treinamentos na capital federal. Ainda conforme a fonte, o elenco quer aguardar as orientações dos órgãos públicos de saúde para retomar as atividades em São Januário.

Além do Vasco, o Flamengo também têm pressionado pela volta do futebol no país. Presente no encontro com Campello e Jair Bolsonaro, o mandatário do Flamengo, Rodolfo Landim, já deixou claro a vontade do clube de retomar os treinamentos. Fluminense e Botafogo têm posição contrária e mantém seus atletas em isolamento social.

Comentários