Vasco se manifesta em meio a protestos e defende luta contra o racismo

Cruzmaltino publicou a hashtag #VidasNegrasImportam no perfil oficial do clube no Twitter

Por Lance

Alexandre Campello, presidente do Vasco
Alexandre Campello, presidente do Vasco -
Rio - O Vasco fez jus à história e entrou na briga pelo que acha correto. Em meio às manifestações deste domingo, por valorização da democracia no país, e, especificamente na cidade do Rio, contra a morte de jovens negros pelo poder público, o clube fez muito, mesmo que de forma simples: publicou a hashtag #VidasNegrasImportam no perfil oficial do clube no Twitter.

A publicação está relembrando outra, de 31 de março de 2019, na qual o clube exalta a democracia brasileira por meio de um vídeo da música "O bêbado e a equilibrista". Tal canção, composta pelo recém-falecido vascaíno Aldir Blanc e pelo eterno parceiro João Bosco, este rubro-negro, é considerada um hino da democracia e dos direitos civis contra o que pregava a ditadura militar iniciada no país em 1964 e que durou até 1985.

Comentários