Atacante do Vasco revela medo de sair à rua: 'A situação aqui é complicada'

Jogador também falou sobre os companheiros que testaram positivo para o coronavírus

Por O Dia

A experiência de Leandro Castan é compartilhada com a garotada do Vasco
A experiência de Leandro Castan é compartilhada com a garotada do Vasco -
Rio - O Brasil é um dos países mais assolados com a pandemia do novo coronavírus, e o estado do Rio de Janeiro, o segundo estado em número de mortes. Contratado no início do ano pelo Vasco, o atacante argentino Germán Cano revelou ter medo de sair de casa e também falou sobre os companheiros que testaram positivo para a covid-19.

"Me dá um pouco medo de sair à rua porque a situação aqui é bastante complicada e também em São Paulo. Tenho que obedecer o que diz o Vasco e tenho que me apresentar no clube. Há mais de dois meses que estamos isolados e hoje voltamos aos treinamentos. Hoje ficamos sabendo que há jogadores infectados. Hoje começamos e vamos ver o que dizem porque não temos muita informação", disse antes de emendar:

"Cada um estava cumprindo a quarentena, mas não sei o que um faz e que faz o outro. O clube deu protocolos com o que devia ser feito, e eu os cumpri. Só saí para o supermercado ou para a farmácia. Me surpreendeu também quando escutei a notícia, mas também pode acontecer mesmo que você fique em casa, disse em entrevista a 'TyC Sports'.

Comentários