Campello culpa a oposição pelas vaias e xingamentos ao time - Alexandre Brum / Agencia O Dia
Campello culpa a oposição pelas vaias e xingamentos ao timeAlexandre Brum / Agencia O Dia
Por O Dia
Rio - O presidente do Vasco, Alexandre Campello, voltou a criticar a possibilidade de as eleições do clube, marcadas para o próximo sábado, serem realizadas online. Em comunicado enviado aos sócios, o atual mandatário, que tenta a reeleição, acredita que uma votação virtual não conseguiria atestar segurança e garantir confiabilidade.
Publicidade
"As manobras para a realização de uma eleição online, com uma empresa contratada pelo Presidente da AGE e, portanto, pela chapa que ele representa e na qual estão seus dois filhos e dois sobrinhos, são uma afronta ao Estatuto: nenhum fornecedor pode ser contratado sem a anuência da Diretoria Administrativa. Mais do que isso: essas manobras abrem margem para que as eleições do Vasco sejam fraudadas. Não há qualquer garantia de eleição limpa com a realização de votação online", escreveu Campello.
"Esta Diretoria Administrativa e eu, na condição de Presidente do Club de Regatas Vasco da Gama reafirmamos que não permitiremos qualquer manobra que possa colocar sob suspeição o processo eleitoral. Esta gestão tem o compromisso moral e ético de realizar eleições 100% limpas. E é assim que será", completou.
Publicidade
Uma reunião nesta terça-feira irá bater o martelo sobre como será realizada a eleição no Vasco. Existe a possibilidade de uma votação híbrida (online e presencial).