Alexandre Campello  - Paulo Fernandes / Vasco.com.br
Alexandre Campello Paulo Fernandes / Vasco.com.br
Por O Dia
Rio - Após a decisão do presidente da Assembleia Geral, Faues Cherene Jassus, o Mussa., de que o Vasco iria ter novas eleições neste sábado, o presidente do Vasco, Alexandre Campello, afirmou que não irá participar do novo pleito. No entanto, o mandatário disse que vai respeitar a decisão judicial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e estará no clube de São Januário.
LEIA MAIS: CONFIRA MAIS INFORMAÇÕES SOBRE O VASCO

"Gostaria de dizer que o clube vai permanecer cumprindo as decisões judiciais quanto a eleição. Hoje houve uma convocação para uma eleição exclusivamente online para o dia 14, e já quero deixar claro que o clube vai obedecer as decisões desde que sejam cumpridas as determinações do estatuto. O clube não aceita a Eleja Online, porque entende que não passou pelo clube, não foi avaliado um orçamento. Há um conflito de interesses desde quando foi contratada lá atrás, na AGE. Não foi o clube que pagou, acho que isso, por si só, já tira a isenção. O clube não aceita, está pronto para fazer aquilo que determina a lei. Obviamente, dentro da legalidade. Para que esse processo siga da melhor", afirmou.
Publicidade
Perguntado se vai apoiar algum candidato na eleição de sábado, o presidente Alexandre Campello afirmou que vai permanecer neutro.
"O que está valendo é a decisão que será online, no dia 14. Mas o que vai acontecer, não sabemos. O fato de retirar a candidatura nos dá bastante tranquilidade. Agora não assustamos mais ninguém, não temos preferência, e vamos defender a instituição", disse.
Publicidade