Ricardo Sá Pinto - Daniel Castelo Branco
Ricardo Sá PintoDaniel Castelo Branco
Por O Dia
Rio - A sequência ruim de resultados do Vasco fez com que a lua de mel entre o treinador Ricardo Sá Pinto e a torcida vascaína acabasse. O português vem sido duramente criticado pela demora nas alterações do time e, tem até agora, um aproveitamento de 33,3% à frente do time. A equipe Cruzmaltina conquistou 11 pontos em 33 possíveis. A pressão pela saída do técnico é tanto externa, quanto interna. As informações são do site "ge.com".
As correntes políticas do clube pegaram carona nas insatisfações demonstrada pela torcida nas redes sociais e estão pedindo a cabeça do português. Algo, que a princípio, não ocorrerá. Ao menos até domingo, a chance de ele cair é zero. O Vasco enfrenta o Grêmio, às 16 horas, em Porto Alegre.
Publicidade
Quem banca o treinador no cargo é o próprio presidente Cruzmaltino, Alexandre Campello. Este, que aliás, revelou ter feito fortes cobranças à comissão técnica e ao elenco após sofrer goleado por 4 a 1 diante o Ceará, na última segunda feira.
"Nenhuma possibilidade. O Sá Pinto está mantido (para domingo). Não se pensou em nada disso, a gente entende que mudança de treinador não vai mudar esse cenário, a responsabilidade é de todos" disse Campello ao portal "ge".
Publicidade
"Pressão não houve, sabemos que alguns acham que deveria ser feito (a demissão). A gente tem que sair dessa situação juntos, e eu não cedo a pressões", finalizou.