Benítez em ação diante do Palmeiras no Allianz Parque: meia argentino fez o gol do empate - fotos Rafael Ribeiro/Vasco
Benítez em ação diante do Palmeiras no Allianz Parque: meia argentino fez o gol do empatefotos Rafael Ribeiro/Vasco
Por O Dia
Rio - Empossado presidente do Vasco, Jorge Salgado, falou sobre a luta do Cruzmaltino contra o rebaixamento. Perguntado se os jogadores e a comissão técnica irão receber algum tipo de premiação, caso consigam cumprir o objetivo, o mandatário manteve os pés no chão.
"Não tenho ainda nada planejado. Vou escutar o Pássaro, a área financeira, para ver se tem recurso. Eventualmente, vai um pouco mais à frente. Depois de passado o campeonato vamos mudar um pouco essa política de premiação. Acho que vai ser melhor para o jogador e para o clube também", disse.
Publicidade
A cerimônia de posse foi nesta segunda-feira na Sede Náutica da Lagoa. O dirigente, eleito em 14 de novembro, foi empossado no cargo na sexta-feira, após permissão do Conselho Deliberativo do clube.
Publicidade
Houve tentativa de suspensão da cerimônia por parte de apoiadores de Leven Siano, que entraram com uma petição de manifestação, mas o desembargador Camilo Rullieri ratificou a decisão proferida em plantão na última sexta-feira, dando permissão para que a posse acontecesse.

"O caminho até chegar a isso é árduo e difícil, e você não faz isso sozinho. Procurei trazer para minha equipe o que há de melhor de profissionais nas suas áreas. Apesar das imensas dificuldades que o clube atravessa, eu sou bastante otimista olhando para frente. A gente tem uma possibilidade gigantesca de recuperar esse terreno perdido em pouco tempo, de três a seis anos a gente recupera todo esse atraso de 20 anos", afirmou Salgado