O presidente Jorge Salgado admite que o aspecto financeiro terá impacto imediato no processo de reestruturação do Vasco - Jorge Porci/Divulgação
O presidente Jorge Salgado admite que o aspecto financeiro terá impacto imediato no processo de reestruturação do VascoJorge Porci/Divulgação
Por O Dia
Rio - Depois de confirmação do depósito do salário integral de novembro para os jogadores (CLT e direitos de imagem) na sexta-feira, os funcionários do Vasco receberam o pagamento do mês atrasado apenas nesta segunda. A nova diretoria herdou as dívidas de 2020, mas está comprometida a colocar as contas em dia em São Januário até abril. 
Com a folha de dezembro e o 13º de 2020 em aberto, o presidente Jorge Salgado trabalha para quitar todos os atrasados, com jogadores e funcionários, até abril. Em visita a São Januário, no início da semana passada, o novo mandatário conversou com os colaboradores no ginásio de São Januário e reiterou o cumprimento da meta, que faz parte do 'plano dos 100 primeiros dias de gestão'.
Publicidade
O vice geral, Carlos Roberto Osório, e o CEO, Luiz Mello, participaram do encontro. Esse foi o segundo pagamento feito pela gestão no intervalo de 22 dias. O primeiro aconteceu no dia 7 de janeiro, quando Jorge Salgado e Alexandre Campello faziam a transição de poder no clube.