O Vasco impôs um ritmo mais intenso no primeiro tempo, mas não traduziu o domínio em gols
O Vasco impôs um ritmo mais intenso no primeiro tempo, mas não traduziu o domínio em golsRafael Ribeiro/Vasco
Por O Dia
LUCÃO - Não tinha sido acionado até o momento do gol do Macaé e não teve culpa no mesmo. Quase fez uma lambança no início do segundo tempo, mas conseguiu consertar. NOTA: 5,5
LÉO MATOS - Foi bastante acionado no primeiro tempo e participou das principais jogadas ofensivas do Vasco, principalmente nas triangulações com Marquinhos Gabriel e Pec. Não manteve o ritmo na segunda etapa. NOTA: 6,0
Publicidade
MIRANDA - Não foi muito exigido durante a partida por conta do baixo poder ofensivo do Macaé. NOTA: 6,0
LEANDRO CASTÁN - Falhou na marcação pelo alto que ocasionou o gol do Macaé após escanteio. Não foi muito exigido no restante do jogo e foi substituído após se machucar na etapa final. NOTA: 5,5
Publicidade
ULISSES - Entrou no fim e pouco fez. SEM NOTA
ZECA - Não subiu com frequência para o ataque, mas foi seguro na defesa pelo lado direito. Foi o homem das bolas paradas do Vasco em alguns momentos, mas não ofereceu muito perigo. NOTA: 6,0
Publicidade
ANDREY - Arriscou um chute de fora da área no início do primeiro tempo e levou perigo ao gol do Macaé. Cinco minutos depois, quase abriu o placar em chute colocado, mas Milton Raphael salvou o time adversário. No mais, foi correto na partida. NOTA: 6,5
JUNINHO - Implementou velocidade e articulação ao meio-campo do Vasco e foi correto nas transições defesa-ataque. Sumiu na segunda etapa e acabou substituído. NOTA: 6,0
Publicidade
TIAGO REIS - Teve grande chance aos 23 minutos, mas a bola passou raspando a trave. Sofreu o pênalti que deu o segundo gol ao Vasco, mas depois perdeu um gol feito no fim da partida. NOTA: 5,5
CARLINHOS - Se apresentou na área como elemento surpresa algumas vezes e quase marcou em chute rasteiro no canto, mas o goleiro defendeu. No segundo tempo, teve boa chance, mas de novo Milton Raphael apareceu. NOTA: 6,5
Publicidade
MARQUINHOS GABRIEL - Deu boa movimentação ao meio-campo do Vasco e encontrou bons passes para os homens de frente do time. Quase marcou o segundo do Vasco, mas parou em Milton Raphael. Cobrou falta com perigo no segundo tempo. Fez o gol de pênalti no fim. NOTA: 7,5
MATÍAS GALARZA - Entrou no final e fechou o placar para o Vasco com um lindo gol de fora da área. NOTA: 7,0
Publicidade
GABRIEL PEC - Estava sumido na partida até ser oportunista para acertar um bonito chute dentro da área e abrir o placar. Minutos depois, assustou com chute colocado, que passou perto do travessão. Foi menos ativo na etapa final e acabou substituído. NOTA: 7,0
VINÍCIUS - Fez a jogada que acabou ocasionando o pênalti. Pouco produziu após o segundo gol da equipe. NOTA: 5,5
Publicidade
TALLES MAGNO - Não teve grandes chances de gol na primeira etapa, apesar de se apresentar bastante para as jogadas. Furou um chute aos 28 minutos que poderia ter ampliado o placar. Teve mais oportunidades na etapa final, mas todas levaram pouco perigo. NOTA: 6,5
LARANJEIRA - Entrou no fim e pouco fez. SEM NOTA
Publicidade
MARCELO CABO - Montou uma equipe leve, com boa movimentação, mas os atletas pecaram bastante nas finalizações, principalmente no primeiro tempo. Ainda contou com o azar da noite inspirada do goleiro Milton Raphael, que quase impediu a vitória do Vasco. As mexidas surtiram efeito, visto que Vinícius fez a jogada em que Tiago Reis sofreu o pênalti. NOTA: 7,0
MACAÉ - A equipe não fez boa partida e não teve muitas chegadas ao ataque. Achou um gol em bola parada com Dante, que tem ótimo jogo aéreo, e não assustou mais o goleiro do Vasco no decorrer da partida. Destaque principal para o goleiro Milton Raphael, que fez grandes defesas e quase conseguiu assegurar o empate para o Macaé. NOTA: 4,0