Por pedro.logato

Amazonas - De olho no Flamengo e outro na Copa do Brasil, o Vasco deixou os titulares no Rio e promete muita disposição do Expressinho diante do Resende, nesta quinta, às 20h30, no evento-teste da Arena da Amazônia para a Copa do Mundo. Capitaneado pelo meia Bernardo, o time reserva aposta em jovens da base e espera vencer por pelo menos dois gols de diferença para eliminar o jogo de volta e motivar o clube para o primeiro duelo da final do Carioca, domingo que vem.

Bernardo deve ter chance como titular Ernesto Carriço / Agência O Dia

Os mais tietados na chegada a Manaus foram Thalles e Felipe Bastos. A dupla, que vive um bom momento, posou para fotos, distribuiu autógrafos e sentiu o carinho dos torcedores. Mas, sem dúvida, as atenções estavam voltadas para o meia Bernardo. Gritinhos das meninas mediam o frisson na entrada do hotel em que a delegação estava hospedada.

“O carinho da torcida e a recepção calorosa fazem bem ao time num jogo importante. Estamos felizes de contar com o apoio da galera no jogo”, afirmou Bernardo.

A expectativa é de casa cheia, com todos os 40 mil ingressos vendidos. A partida representa o terceiro evento- teste da Arena da Amazônia visando à Copa. O estádio é o único do Norte do País que será utilizado no Mundial.

Para motivar a equipe em um jogo oficial que tem caráter festivo, a diretoria pagou os salários de janeiro. O reforço financeiro vem em bom momento para o Vasco. O clube não esconde o objetivo de conquistar o Carioca para amenizar o rebaixamento à Série B do Brasileiro em 2013.

“Se conseguirmos o título, poderemos tirar esse peso (do rebaixamento) das costas”, afirmou o atacante Reginaldo, otimista.

Você pode gostar