Guiñazú reprova cobrança de torcida no treino: 'Tem todo o direito, mas lá fora'

Cerca de 13 torcedores foram a atividade do Vasco, em São Januário, mas volante repudia: 'Não tem como ser favorável'

Por rodrigo.hang

Rio - Após a goleada sofrida por 5 a 0 para o Avaí no último sábado, que culminou no pedido de demissão do técnico Adilson Batista, o clima na reapresentação do time do Vasco, nesta segunda-feira, não foi nada amistoso. Cerca de 13 membros de uma Torcida Organizada foi a São Januário cobrar os jogadores. Eles não agiram com violência, apenas conversaram com os jogadores, mas se desentenderam entre si. Após a atividade, o volante Guiñazú reprovou a atitude dos torcedores, dizendo que eles têm todo o direito de reclamar, só que do lado de fora do estádio.

Torcida Organizada acompanha o treino do Vasco antes de jogo contra o ABC

Guiñazu repudia presença de membros de Torcida Organizada no treino cruzmaltinoDivulgação

"Não tem como ser favorável receber torcedor no vestiário. Vestiário é de treinador, de quem trabalha. Torcedor tem todo o direito de se expressar, mas lá fora. Não vejo problema. Agora, entrar no vestiário, não acho correto. Isso não existe", argumentou o camisa 5.

Guiñazú também comentou sobre a saída de Adilson Batista, que pediu demissão após a goleada sofrida em casa para o Avaí. Nesta segunda-feira, o Vasco foi comandado pelo auxiliar-técnico Jorge Luiz. O argentino disse que o elenco cruzmaltino permanece unido e buscando reverter a situação na Série B.

Fotos: Membros de organizada se desentendem durante treino do Vasco

"Qualquer notícia que termina com a saída de um treinador por decisão própria o grupo fica triste. Mas apesar disso o grupo está bem pertinho, sabemos que não é isso que queremos, estamos aí. Estamos juntos, vamos juntar todas as forças agora. Ficamos triste, estávamos há nove meses juntos com ele. Futebol é baseado em resultados. Sempre vai ser assim. Quando a decisão é de um homem como o Adilson, de caráter, temos que respeitar", finalizou Guinãzú, que não esteve em campo contra o Avaí por causa de um suspensão.

O Vasco viaja ainda nesta segunda-feira para Natal, onde enfrenta o ABC, nesta terça, para o segundo jogo válido pela Copa do Brasil. A partida será na Arena das Dunas, na capital do Rio Grande do Norte. O primeiro jogo terminou empatado em 1 a 1 em São Januário.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia