No sufoco, Vasco vence o América-MG e alcança o G-4 da Série B

Douglas Silva, Thalles e Rodrigo fizeram os gols do triunfo

Por bernardo.argento

Rio - Joel Santana vai chegar ao Vasco encontrando um ambiente mais tranquilo. Neste sábado, no Independência, o time sofreu, mas conseguiu uma importante vitória sobre um adversário direto na luta pelo G-4. Douglas Silva, Thalles e Rodrigo garantiram o triunfo por 3 a 2 contra o América-MG. Willians e Obina fizeram pelo time mineiro.

Mesmo saindo atrás no placar com um minuto de jogo, o Gigante da Colina teve forças para alcançar a virada ainda no primeiro tempo. A equipe não contava, no entanto, com mais uma falha de Diogo Silva. O goleiro saiu de forma bisonha do gol e facilitou a vida de Obina para empatar o duelo.

Na segunda etapa, o Cruzmaltino teve total controle de jogo. Pedro Ken teve duas ótimas oportunidades para garantir a vitória. O papel de salvador, contudo, acabou nos pés de Rodrigo. O zagueiro soltou a bomba em cobrança de falta, contou com o desvio da zaga para matar o goleiro e fazer o gol. 

O resultado positivo deixou o Vasco na quarta colocação, com 35 pontos. O próximo adversário do time carioca será a Luverdense, em São Januário, na terça-feira, às 19h30. O jogo irá marcar a estreia de Joel Santana no comando da equipe. O América-MG, que caiu para o quinto lugar, enfrenta o Ceará, no mesmo dia e horário, na Arena Castelão.

Thalles teve ótima atuação na partidaDivulgação

O JOGO

O Vasco não teve tempo de respirar. A bola mal rolou e o América-MG saiu na frente. Renan Oliveira tocou na medida para Willians deslocar Diogo Silva: 1 a 0. Logo depois, o meia acertou o travessão e quase marcou o segundo. Mesmo desorientado após sair atrás no placar, o Gigante da Colina empatou em lance polêmico.

Douglas Silva apareceu sem marcação na grande área e só teve o trabalho de cabecear no canto e correr para o abraço: 1 a 1. O time mineiro reclamou muito com a arbitragem, alegando impedimento.

A igualdade deixou a equipe carioca mais tranquila e a virada veio. Na disposição, Thalles lutou contra a zaga do Coelho, aproveitou o bate-rebate e deixou o Cruzmaltino em vantagem: 2 a 1. O América-MG poderia ter empatado aos 27. Doriva ficou na cara do goleiro vascaíno, mas bateu por cima do travessão.

O Coelho partiu para pressão e chegou ao 2 a 2 com a contribuição de Diogo Silva. O goleiro, que é bastante criticado pela torcida, falhou mais uma vez. Saiu do gol errado, foi driblado facilmente por Obina, que não desperdiçou e deixou tudo igual.

Na volta para segunda etapa, o jogo continuou franco. As duas equipes se lançavam ao ataque. Depois dos minutos iniciais, o Vasco passou a levar mais perigo. Assustou em jogada de Douglas. O meia deu passe açucarado para Pedro Ken, que cruzou rasteiro e Thalles não alcançou.

O centroavante estava bem na partida. Quase marcou o segundo dele em arremate de longa distância. Pedro Ken também teve sua chance, saiu na frente do goleiro, mas demorou a definir e foi desarmado. Rafael Silva, substituto do uruguaio Maxi Rodriguez, entrou querendo jogo. Em dois minutos no gramado, chutou cruzado e a bola beliscou a trave.

Thalles estava em tarde inspirada. Em passe magistral, deixou o camisa 8 novamente na boa para fazer o terceiro do Gigante da Colina. O volante, no entanto, chutou em cima do goleiro. De tanto pressionar, o Cruzmaltino chegou ao gol. Rodrigo soltou a bomba na cobrança de falta, a bola desviou na defesa, Fernando Leal ainda tentou tirar, mas espalmou para dentro: 3 a 2. O Coelho ainda tentou a reação, mas o Vasco conseguiu segurar o triufno. Fim de jogo e Gigante da Colina no G-4. 

AMÉRICA-MG 2 X 3 VASCO

Estádio: Independência

Gols: Willian (1ºT 1'), Douglas Silva (1ºT 13'), Thalles (1ºT 23'), Obina (1ºT 41'), Rodrigo (1ºT 35') 

Cartões Amarelos: Andrei Girotto (América-MG), Guiñazu (Vasco), Pedro Ken (Vasco), Thalles (Vasco)

Cartões Vermelhos:

América-MG: Fernando Leal, Pablo, André, Adalberto, Gilson; Leandro Guerreiro, Andrei Girotto, Doriva (Raul), Renan Oliveira (Patrik); Willian e Obina (Junior Negão).

Vasco: Diogo Silva, Diego Renan, D.Silva, Rodrigo, Lorran; Guiñazu, Aranda, P.Ken (Rafael Vaz) e Douglas (Dakson); Maxi Rodriguez (Rafel Silva) e Thalles

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia