Por pedro.logato

Rio - A nove rodadas do fim da Série B, o Vasco empatou em número de pontos (54) com a líder Ponte Preta, emendou sua segunda vitória seguida e aumentou para 89% as chances de voltar à elite do futebol brasileiro. Joel Santana pode não ser bom no inglês, mas mostrou ir bem com a calculadora. Nesta segunda, o matemático Tristão Garcia concordou com o treinador ao afirmar que mais 12 pontos (quatro vitórias) são suficientes para classificar o Gigante da Colina.

Tristão admite que a situação é muito boa. Ele, entretanto, mudou as contas ao falar sobre uma possível classificação antecipada, o que deixaria muitos torcedores aliviados. Para o matemático, o rendimento do time teria de ser um pouco melhor.

Vasco e Ponte Preta lideram a Série BAndré Mourão

“Com quatro vitórias, o Vasco sobe para a Série A, mas com cinco garante a vaga de forma antecipada. Por quê? Na matemática, a gente leva em conta a combinação de outros resultados. Com mais 12 pontos, o clube carioca se classifica, mas na última rodada. Com 15, entretanto, já pode comemorar. Vale lembrar que são cinco times disputando quatro vagas e temos de levar o aproveitamento de todos em consideração”, explicou.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

O cálculo para o título na Série B, porém, ainda não está na ponta do lápis, mas Tristão Garcia definiu como decisivas as próximas três rodadas — jogos fora de casa contra Santa Cruz e América-RN e o confronto direto com a Ponte Preta, em São Januário.

“Em relação a título, asseguro que os dois próximos jogos vão dizer se o Vasco será o campeão da Série B. Eles são decisivos, já que precedem o duelo com a Ponte Preta”, completou o matemático.

Você pode gostar