Vasco vai em busca de caras novas para assumir o comando

Com Joel praticamente descartado, diretoria aposta em menos cotados

Por pedro.logato

Rio - Joel Santana é praticamente carta fora do baralho para o Vasco em 2015. Insatisfeita com o fraco desempenho do treinador na campanha da Série B do Campeonato Brasileiro, a nova diretoria busca no mercado uma solução boa e barata para dirigir o time no ano que vem. Entre os principais nomes na pauta estão o de Eduardo Baptista, do Sport, Ricardo Drubscky, do Goiás, e Claudinei Oliveira, do Atlético Paranaense.

Vasco já procura nome para o lugar de EuricoMárcio Mercante

Mesmo depois de afirmar que a situação de Joel Santana só seria decidida depois de uma reunião agendada para esta semana, o vice-presidente de futebol, José Luiz Moreira, deixou escapar qual o tipo de perfil de técnico ideal para o Vasco.

“Tem muito treinador de boa qualidade e que se encaixa perfeitamente aos novos valores do Vasco. Acredito que não teremos dificuldade em trazer um treinador da grandeza do clube para trabalhar conosco”, afirmou o vice-presidente de futebol.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

Por causa do orçamento muito limitado, a nova diretoria determinou um teto salarial no valor R$ 100 mil para o novo comandante. O salário acima do limite estabelecido, o desgaste nos bastidores com parte do grupo de jogadores e as indiretas para que houvesse a renovação de seu contrato, diminuíram as chances de Joel Santana continuar à frente da equipe.

Além de contratar um treinador, o novo departamento de futebol também vai decidir até o fim da semana o futuro de 13 jogadores. André Rocha, Carlos César, Dakson, Diego Renan, Douglas, Douglas Silva, Edmilson, Everton Costa, Fabrício, Guilherme Biteco, Lucas Crispim, Maxi Rodríguez e Pedro Ken encerram seus contratos este mês e ainda não sabem se ficarão no clube após a prometida modificação no grupo vascaíno.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia