Modernidade chega a São Januário

Centro científico busca inovações tecnológicas e testa aparelho aéreo

Por pedro.logato

Rio - O ano está apenas no início e ainda é muito cedo para fazer alguma previsão. Mas uma ambiciosa iniciativa fora das quatro linhas tem chamado atenção no Vasco. Coordenado pelo fisioterapeuta e fisiologista Alex Evangelista, o Caprres (Centro Avançado de Prevenção, Reabilitação e Rendimento Esportivo) mudou a rotina dos atletas e busca torna-se referência no Brasil. Ontem, até um drone foi utilizado para monitorar o treino.

O aparelho, que funciona por controle remoto e é usado para fazer filmagens aéreas, ainda está em fase de testes. A intenção de Evangelista é adquirir uma boa quantidade de imagens para municiar a comissão técnica com o máximo de informações sobre o rendimento dos atletas. Para isso, ele conta com um setor analítico.

Drone testado pelo clube para filmar os jogos e os treinosUanderson Fernandes

“Queremos produzir informação. Nossa intenção é pegar o máximo de vídeos de treinos para a comissão técnica discutir o que pode ser melhorado. O drone ainda está em fase de testes, mas, se aprovado, vamos utilizá-lo todos os dias”, disse Pedro Monteiro, um dos três analistas de desempenho.

Essa não é a primeira inovação trazida pelo Caprres. O projeto já conta com aparelhos de última geração utilizados na NBA, GPS para monitorar cada detalhe das atividades e já tem servido de reabilitação para atletas de outros clubes e esportes. Durante a pré-temporada, por exemplo, Alex Evangelista recebeu a dupla bicampeã brasileira de vôlei de praia Ágatha Rippel e Bárbara Seixas.

LEIA MAIS: Notícias, resultados e bastidores do Campeonato Carioca

Vale lembrar que o atacante Gilberto, do Toronto FC e que deve ser contratado, também tem treinado na Colina há uma semana. A filosofia de unir trabalhos de fisiologia, fisioterapia, preparação física, tática e a psicologia tem sido muito elogiado pelos atletas. Marcinho já comparou o Vasco com potências do futebol europeu.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

“O que esses profissionais estão fazendo é coisa de primeiro mundo, que só tem na Europa. O Vasco está tendo o mesmo que clubes como Bayern de Munique, Barcelona e Real Madrid. O Caprres é inovador no Brasil e tem de ser valorizado. Estamos bem preparados, com apenas um jogador no departamento médico, porque temos uma ótima estrutura por trás”, ressaltou o camisa 10. Para contar com o drone, o Vasco contratou a empresa carioca DR1 Imagens.

Marcinho quer casa cheia e esquece o Fla

Autor do segundo gol do Vasco na vitória por 2 a 0 contra a Cabofriense, Marcinho garante viver uma nova fase da sua carreira na Colina. Por isso, o jogador, que atuou pelo Flamengo em 2008, fez questão de deixar seu passado rubro-negro para trás. Feliz com o carinho dos vascaínos, ele quer casa cheia quinta-feira, contra o Madureira.

“Sempre joguei contra o Vasco e sei o poder que São Januário cheio tem. O Flamengo ficou para trás. É um novo momento e conto com a ajuda do torcedor”, afirmou.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia