Por edsel.britto

Rio - A vitória por 1 a 0 sobre o Fluminense foi convincente, deu moral e também novo fôlego ao Vasco. Determinado a manter a pegada, não desperdiçar pontos importantes contra clubes considerados pequenos e ver o time decolar no Carioca, o técnico Doriva abandonou a cautela e surpreendeu no treino de ontem com uma formação ofensiva com quatro apoiadores e apenas um volante.

Após estrear contra o Fluminense%2C Gilberto será mantido entre os titulares no VascoMarcelo Sadio/Vasco da Gama/Divulgação

Sem poder contar com o capitão Guiñazu, suspenso, Doriva abandonou o 4-5-1 utilizado até aqui na temporada e testou o time titular no 4-1-4-1. À frente da zaga, apenas Serginho. Depois, uma nova linha de quatro jogadores, formada por Julio dos Santos, Bernardo, Marcinho e Rafael Silva, tinha a missão de municiar Gilberto, única referência no ataque.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

Ciente do bom momento do clube, Doriva quer fazer o dever de casa contra o Bangu, amanhã, em São Januário. Se vencer, o Vasco, dependendo dos outros resultados da rodada, poderá assumir a liderança da competição.

“Temos de pegar a nossa atuação no clássico com o Fluminense como exemplo. Tentamos trabalhar com a mesma postura e, por isso, o coletivo deu certo. Nosso time se entendeu e criou muitas chances na atividade. Contra o Bangu, em casa, temos de impor o nosso ritmo e garantirmos o bom resultado”, afirmou Marcinho, que foi poupado do treino de quarta-feira, mas voltou a trabalhar sem problemas ontem.

LEIA MAIS: Notícias, resultados e bastidores do Campeonato Carioca

Nem mesmo a lembrança do último jogo no Caldeirão parece incomodar. Para o jogador, o empate com o modesto Barra Mansa já está no passado.“A gente procura não pensar nisso. Eu, particularmente, prefiro tirar lições das vitórias. Ganhamos no fim de semana de um grande time, pois conseguimos anular o Fluminense”, completou o camisa 10. Após o coletivo, Bernardo, Rodrigo e Anderson Salles ainda treinaram várias cobranças de falta.

Dagoberto de volta à pauta

?A diretoria do Vasco voltou a manifestar interesse na contratação de Dagoberto. Aos 31 anos, o jogador, que tem contrato com o Cruzeiro até o fim da temporada, estaria fora dos planos do clube mineiro e assim liberado para negociar seu futuro com outro clube. O Vasco tenta convencer a Raposa a pagar parte dos vencimentos oferecendo um contrato por empréstimo até dezembro desse ano.

Dagoberto seria a 18ª contratação do Vasco em 2015 e, provavelmente, uma das últimas neste primeiro semestre. A intenção é, uma semana após anunciar Gilberto como reforço, acabar de vez com a carência de atacantes no grupo.

Você pode gostar