O grande salto de Rafael Vaz no Vasco

Após sete meses afastado, o zagueiro ‘recomeça’ a carreira em seu primeiro jogo como titular no ano

Por jessica.rocha

Rio - Quando foi afastado no início do ano, o zagueiro Rafael Vaz não imaginava que ainda teria futuro no Vasco. Mas, depois de sete meses fora dos planos, o jogador voltou, ganhou moral com o técnico Jorginho e a grande chance de recomeçar. Ontem, nos 2 a 1 sobre o Sport, ele fez a sua terceira partida na temporada, a primeira como titular, e foi decisivo. O gol da vitória foi um presente que buscava há muito tempo e rendeu elogios do comandante.

Rafael Vaz fez o gol da vitória do VascoEstefan Radovicz

FOTOGALERIA: Vasco derrota o Sport e deixa a lanterna

“Queria valorizar a atuação de um atleta que há pouco tempo nem estava no banco. O Rafael Vaz estava afastado e vê-lo jogando do jeito que jogou, como zagueiro ou volante, é muito gratificante. Estou muito feliz pela postura dele, que teve papel maravilhoso, e da equipe. Começamos a ver um horizonte e a possibilidade de fugir da zona de rebaixamento”, avaliou Jorginho.

E acrescentou.“Rafael Vaz merece este momento. Não sei porque ele foi afastado, mas só posso elogiá-lo. Como pessoa e atleta. Trouxe qualidade no passe e na bola parada.”O zagueiro fez questão de ser grato ao treinador. “É um trabalho diferente. Por isso, os resultados aparecem”, disse.

A meta de Rafael Vaz, que não marcava um gol desde fevereiro de 2014 e chegou a ficar mais de um ano sem atuar, agora é esquecer o passado e ser feliz de novo na Colina. “Quero começar do zero, esquecer o que passou e ter na cabeça que vem muita coisa boa. Quero ajudar o Vasco. Foi ruim ficar sem poder exercer o meu trabalho, mas essa fase passou e estou mais amadurecido”, afirmou.

A reviravolta na vida de Rafael Vaz, para Jorginho, serve de exemplo aos demais atletas. Ele, que faz questão de estar presente até mesmo em treinos em dias de jogos, pediu foco ao time:</CW> “Sorte e felicidade acompanham a competência. Se você não acreditar no seu trabalho, não vai haver sorte. Tenho certeza de que todos voltaram a acreditar no próprio potencial.”

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia