Vasco bate Sport, mantém sua série invicta e deixa a lanterna do Brasileirão

Gigante da Colina venceu três dos últimos quatro confrontos

Por jessica.rocha

Rio - De degrau por degrau, o Vasco vai mantendo o sonho vivo de permanecer na Série A para a temporada de 2016. A situação ainda é complicada, mas a vitória sobre o Sport por 2 a 1 fez o Gigante da Colina subir uma posição e deixar a lanterna da competição. O resultado positivo foi o terceiro do Vasco em quatro jogos no Brasileirão. Além de vencer Ponte Preta, Atlético-PR e Sport, o Gigante empatou com o Cruzeiro.

Pelo Brasileirão, o Vasco volta aos gramados no domingo contra o Flamengo, no Maracanã. Já o Sport recebe a Chapecoense, no mesmo dia. As duas partidas acontecem às 16 horas.

Vasco voltou a vencer no BrasileirãoEstefan Radovicz

O JOGO

A partida começou da maneira que a torcida do Vasco esperava. Na primeira jogada ofensiva, os donos da casa pularam na frente. Depois de bela jogada pela direita, a bola se ofereceu a Nenê, dentro da área, o jogador chutou, a bola desviou em Ferrugem e matou o goleiro Danilo Fernandes, colocando o Gigante da Colina em vantagem.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

O gol animou o clube carioca, que colocou a bola nas redes de novo, porém, o lance acabou invalidado. Após cobrança de falta, Serginho cabeceou na direção do gol. O volante tinha condição legal, mas a participação de Luan, que não tocou na bola, mas atrapalhou a marcação do Sport e o goleiro do clube pernambucano acabou dando motivos para o gol ser anulado.

Rafael Vaz fez o gol da vitória do VascoEstefan Radovicz

O Vasco continuou com o domínio territorial até a metade da primeira etapa. A partir deste momento, o Sport melhorou e conseguiu o empate aos 39 minutos. Marlone deu belo passe para Elber, que na frente de Martin Silva, se virou rápido e bateu para o fundo das redes do goleiro uruguaio, deixando o confronto empatado.

FOTOGALERIA: Vasco derrota o Sport e deixa a lanterna

Para a segunda etapa, o Vasco utilizou a mesma estratégia da primeira etapa. Pressão e gol no começo. Andrezinho cobrou escanteio na cabeça de Rafael Vaz, que voltou a deixar o Gigante da Colina em vantagem no Maracanã.

Tentando reagir na partida, o treinador interino do Sport, Daniel Paulista, colocou Danilo e Hernane nos lugares de Maikon Leite e  Renê. O Brocador teve uma grande chance aos 20 minutos. Após cruzamento de Marlone, o atacante cabeceou para chão, livre, e a bola subiu de mais passando por cima da meta de Martin Silva.

Aos 30 minutos, o Vasco teve uma grande oportunidade de matar o jogo. Herrera bateu para o gol, a bola bateu na trave, no rebote, com o goleiro Danilo Fernandes batido, Nenê chutou mal de mais, isolando e perdendo uma chance clara para o Gigante.

Os últimos minutos foram de muitos erros das duas equipes. Bastante desgastadas pela velocidade da partida, os dois times não conseguiam acertar muitos passes. Melhor para o Vasco que tinha a vantagem e segurou o resultado favorável no Maracanã.


VASCO 2 X 1 SPORT

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/Hora: 20/9/2015, às 16h
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-SC)
Auxiliares: Kleber Lucio Gil (Fifa-SC) e Marcio Santiago (MG)
Cartões amarelos: Rafael Vaz, Serginho (VAS); Danilo (SPT)
Gols: Nenê, 2'/1ºT (1-0), Elber, 39'/1ºT (1-1); Rafael Vaz, 3'/2ºT (2-1)
Renda/Público: 19.128 pagantes / R$ 591.020

Vasco: Martín Silva, Madson, Luan, Rafael Vaz e Julio Cesar; Serginho (26'/2ºT), Andrezinho e Bruno Gallo; Nenê (Lucas, 38'/2ºT), Leandrão e Rafael Silva (Herrera, 25'/2ºT) - Técnico: Jorginho.

Sport: Danilo Fernandes, Ferrugem, Matheus Ferraz, Durval e Renê (Danilo, 14'/2ºT); Elber, Rithely e Marlone; Maikon Leite (Hernane, 14'/2ºT), Neto (Régis, 32'/2ºT) Moura e André - Técnico: Daniel Paulista.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia