Jorginho acredita na reação do Vasco e conta com o apoio da torcida em casa

Treinador cruzmaltino ressalta a importância da vitória sobre o líder Corinthians, nesta quinta-feira, para fugir da degola

Por jessica.rocha

Rio - O Vasco ainda vive uma situação delicadíssima no Campeonato Brasileiro. Fugindo do rebaixamento, o Cruzmaltino sabe que terá pela frente uma prova de fogo nesta quinta-feira, já que enfrentará o líder Corinthians, em São Januário, às 22h. Ciente de que precisa da vitória, o técnico Jorginho sabe que ainda terão mais três desafios pela caminho para saber qual será o futuro da equipe carioca na competição.

"É um jogo muito importante, mas não acaba tudo aqui. A gente pode continuar vivo. Claro, são três jogos. Mas temos que estar muito cientes dessa situação. Os jogadores têm que estar muito atentos em relação a isso. É um jogo extremamente importante, mas não vai decidir nossa permanência. Claro, em caso de vitória, a gente pode até sair da zona de rebaixamento, mas não define", afirmou.

Jorginho conta com o apoio da torcida vascaína nesta quinta-feira, em São JanuárioPaulo Fernandes/Vasco.com.br

Questionado sobre as escalações de Bruno Gallo e Rafael Silva, que teve seu julgamento adiado pelo STJD, Jorginho fez mistério: "Não posso confirmar se o Gallo volta, não vou falar sobre essa situação. A gente treinou de algumas formas essa semana, até sem o Rafael. Como ele está liberado, com certeza joga. A importância dele é muito grande. Quando está em campo, não falta chute, ele sempre arrisca. Tem sido muito importante para a equipe".

Esperançoso pela reação vascaína nessa reta final do Brasileirão, Jorginho falou com carinho da torcida, que tem apoiado o time, apesar da atual situação. O técnico afirmou que espera poder contar mais uma  vez com o apoio do torcedor cruzmaltino, que comparecerá em peso em São Januário. 

"O nosso torcedor, que tem ido ao estádio, não vimos em nenhum momento vaias para a equipe, mesmo em situações difíceis. O torcedor apoiou o tempo todo. Agora temos que unir todas as forças. É um papel importante do torcedor, de sempre acreditar, que joga junto. Tem atletas que não estão nem aí, mas têm outros que precisam desse incentivo. ", finalizou.


Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia