Vasco pode faturar Carioca de maneira invicta

Gigante da Colina está a cinco partidas do bicampeonato

Por pedro.logato

Rio - A missão não é das mais fáceis, mas se alcançá-la, o atual elenco do Vasco pode entrar para a história. O time está a cinco partidas de ser campeão carioca invicto. O feito não é novidade para o clube, que já conquistou cinco títulos dessa forma, a última vez foi em 1992.

Ser campeão estadual invicto é algo raro. Apenas 14 vezes em mais de 100 anos. O Vasco é quem mais conseguiu a façanha, ao lado do Flamengo. O arquirrival, aliás, foi quem conquistou os dois últimos títulos sem perder um jogo (1996 e 2011). Só que, neste ano, os vascaínos podem se tornar recordistas.

Vasco é a única equipe que pode ser campeã invicta Paulo Fernandes / Vasco.com.br / Divulgação

Em busca da reconstrução após o rebaixamento para a Série B, o elenco vascaíno tem como espelho uma das equipes mais vitoriosas do clube: o Expresso da Vitória, responsável por três títulos sem derrotas na década de 1940.

Se a primeira conquista invicta — em 1924 — foi em uma liga sem os principais clubes,as outras quatro foram com propriedade, com muitas vitórias (quadro ao lado). E uma coincidência pode animar os torcedores. Em 1992, o Carioca não teve o Maracanã, assim como este ano.

“Para mim ficaria marcado se fosse um título invicto. Você vê a dedicação de todos os jogadores. Espero que isso continue. Mas uma hora vai acontecer (perder a invencibilidade)”, afirmou o volante Marcelo Mattos.

Por ora, o Vasco está mais perto de outra conquista: a Taça Guanabara. Para voltar a levantar o troféu — a última vez foi em 2003 —, o time de Jorginho precisa vencer o Madureira, sábado em São Januário, para decidir o primeiro lugar com o Fluminense, na última rodada.

“Vamos ter uma final contra o Fluminense. Acredito que será um grande jogo, mas antes disso temos o Madureira. Temos tudo para o Vasco ser campeão da Taça Guanabara”, disse Mattos.

Julio Cesar, com dor, pode ser poupado

Fora do treino de terça-feira, Martín Silva, Diguinho e Rodrigo voltaram a participar da movimentação ontem e Jorginho pôde montar a equipe que enfrentará o Madureira, no sábado. A dúvida continua sendo Julio Cesar, mais uma vez poupado.

O lateral sofreu uma pancada no tornozelo direito e está fazendo tratamento. Henrique treinou entre os titulares e tem boas chances de jogar no sábado, para que o titular esteja 100% para o clássico com o Fluminense, em Manaus.

Apesar de ter Riascos de volta, Jorginho optou por manter Thalles no treino, para manter a pegada na saída de bola. Julio dos Santos e Jorge Henrique, que estavam suspensos, também foram escalados.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia