Ibovespa opera volátil após a forte alta da véspera

Por volta das 13h, principal índice da Bovespa subia 0,53% puxado pelo avanço moderado dos papéis das estatais

Por parroyo

Após a forte alta de 1,79% de ontem, o Ibovespa opera volátil nesta sexta-feira e, por volta das 13h, avançava 0,53%, para os 54.880 pontos. As ações das estatais, que alavancaram os ganhos do índice no penúltimo pregão da semana, operam com leves ganhos, em um movimento de correção.

Petrobras PN tinha alta de 0,55%, Banco do Brasil ON subia 0,57% e Eletrobras PN ganhava 0,65%.

Na agenda, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontou queda de 0,7% do emprego na indústria em maio, na comparação mensal. Em relação com o mesmo mês de 2013, o recuo foi ainda maior, de 2,6%. O indicador foi interpretado pelo mercado como mais um dado que mostra a fraqueza da economia.

À frente dos ganhos, Oi PN recupera parte das perdas de quinta-feira ao avançar 10,56%. O papel caiu mais de 14% ontem, pressionado pela crise financeira do Grupo Espírito Santo, uma vez que uma das subsidiárias do conglomerado tem uma dívida de quase € 900 milhões com a Portugal Telecom, companhia que está em processo de fusão com a Oi. Na ponta negativa, MRV ON recuava 1,09%.

Nos Estados Unidos, as bolsas operavam em direções opostas em meio a uma agenda fraca de indicadores. Por volta das 13h, o Dow Jones caía 0,10%, o S&P perdia 0,15% enquanto o Nasdaq tinha alta de 0,08%.

No mercado de câmbio, o dólar operava perto da estabilidade, com leve recuo de 0,04%, cotado a R$ 2,221 na venda.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia