Ibovespa perde fôlego no fim da sessão e cai 0,24%

Ações das estatais fecham no azul e impedem queda maior do índice. Dólar sobe, cotado a R$ 2,24

Por parroyo

Sem a referência das bolsas norte-americanas, que permaneceram fechadas por conta do feriado que comemora o Dia do Trabalho, o Ibovespa operou no azul durante todo o dia, mas perdeu força nos últimos momentos do pregão e cedeu à realização de lucros. O principal índice da Bovespa fechou em queda de 0,24%, aos 61.141 pontos. O giro financeiro foi de R$ 6,5 bilhões.

“Foi um movimento natural de ajuste técnico, ajudado pela falta de referência dos Estados Unidos”, avaliou o estrategista-chefe da Corretora SLW, Pedro Galdi, para quem a alta do Ibovespa (que acumula ganhos de 18,7% no ano) é irracional e perigosa, pois promete um forte movimento realização em algum momento.

Nesta segunda-feira, as estatais se mantiveram em terreno positivo e impediram uma queda maior do índice. À frente dos ganhos, Eletrobras subiu 5,52%; Petrobras PN teve alta de 2,06% e Banco do Brasil PN valorizou 1,26%. Na ponta negativa, Souza Cruz perdeu 4,68%.

“O programa de governo da Marina Silva (apresentado na última sexta-feira) foi bem aceito pelo mercado. A política econômica está bem parecida com as propostas do Aécio Neves (PSDB). Isso explica o avanço nas ações das estatais, que chamamos de kit eleições”, disse Galdi.

Além de se comprometer com a manutenção do tripé econômico (metas de inflação, câmbio flutuante e compromisso fiscal) e com a independência do Banco Central, Marina sinalizou que não irá usar as empresas estatais para fazer política econômica, o que acaba favorecendo principalmente a Petrobras, que está sendo prejudicada por arcar com o subsídio dos combustíveis para conter a inflação.

Durante esta semana, é esperada a divulgação de novas pesquisas dos institutos Datafolha, Ibope e Sensus. Neste momento, os candidatos à Presidência da República participam de um debate promovido pela Folha, UOL, SBT e Jovem Pan. À noite, Marina será entrevistada pelo Jornal da Globo (Rede Globo).

No mercado de câmbio, o dólar subiu 0,26%, cotado a R$ 2,245 na venda.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia