Ibovespa opera no azul em meio à agenda fraca

Investidores avaliam ainda os dados de emprego dos EUA e aguardam resultados corporativos. Dólar cai, cotado a R$ 2,54

Por parroyo

O Ibovespa abre a semana no azul em meio a uma agenda fraca de indicadores relevantes e com os investidores avaliando o relatório geral de emprego dos Estados Unidos, divulgado na sexta-feira, que mostrou a criação de vagas em outubro aquém do esperado. Por volta das 13h, o principal índice da Bovespa subia 0,57%, aos 53.523 pontos.

“Não esperamos muitas oscilações para hoje. É dia de agenda suave, ainda que balanços corporativos possam mexer um pouco com os papéis em bolsa”, apontou a Guide Investimentos, em nota. Abril Educação, EzTec, Guararapes, Locamérica, Marcopolo, São Martinho, Taesa e Valid divulgam ainda hoje o resultado referente ao terceiro trimestre.

À frente dos ganhos, Oi PN subia 4,16%. A diretoria da empresa recusou a oferta feita pelo grupo Terra Peregrin, cuja controladora é filha do presidente de Angola, para aquisição da Portugal Telecom, empresa que detém um quarto de participação na Oi. Na contramão, Santander UNT perdia 1,75%.

Na agenda, os economistas consultados pelo Banco Central reduziram a projeção para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) de 0,24% para 0,20% neste ano. O Boletim Focus elevou ainda a taxa Selic para 11,50% no fim de 2014.

Nos Estados, as bolsas operam em direções opostas. Por volta das 13h, o Dow Jones caía 0,07%, o S&P subia 0,05% e Nasdaq tinha leve alta de 0,02%.

No mercado de câmbio, o dólar caía 0,74%, cotado a R$ 2,544 na venda.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia