Mais Lidas

Ibovespa opera no azul com elétricas e Petrobras

Governo decide aumentar o preço da conta de energia. Ação da estatal avança em dia de anúncio do Diretor de Governança. Dólar cai, cotado a R$ 2,64

Por parroyo

O bom humor predomina no mercado acionário nesta terça-feira e o Ibovespa acompanha as bolsas externas e opera no azul. Por volta das 13h, o principal índice da Bovespa subia 0,81%, aos 48.527 pontos. Contribuem ainda para o bom desempenho do índice dados positivos da balança comercial da China – as exportações superaram a expectativa dos analistas ao avançarem 9,7% em dezembro.

À frente dos ganhos, Eletrobras PNB subia 4,26% como reflexo da decisão do governo de reduzir os subsídios ao setor elétrico – a presidenta Dilma Rousseff autorizou a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) a cobrar novamente parte dos encargos nas contas de luz. “A tentativa de reduzir distorções do passado levará, inevitavelmente, a maior pressão inflacionária. Continuaremos vendo o chamado realinhamento de preços”, apontou a Guide Investimentos, em nota.

Em relação a Petrobras, a reunião do Conselho Administrativo foi remarcada para esta terça-feira e renova as expectativas sobre a divulgação da data em que o balanço não auditado do terceiro trimestre será divulgado – a empresa havia sinalizado a apresentação dos números ainda no mês de janeiro. Além disso, deve ser eleito, no encontro, o diretor de Governança da estatal. As ações da petroleira operavam com ganhos – as preferenciais subiam 1,46% e as ordinárias avançavam 0,91%. Na ponta negativa do índice, JBS ON tinha queda de 4,57%.

Nos Estados Unidos, as bolsas abriram no azul mesmo em meio à contínua queda no preço do barril de petróleo, que cai para a mínima em seis anos – em Londres, o Brent é negociado a US$ 45,92. Por volta das 13h, o Dow Jones valorizava 1,36%.

No mercado de câmbio, o dólar caía 0,9%, cotado a R$ 2,644 na venda.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia