Presidente Jair Bolsonaro - Marcelo Camargo / Agência Brasil
Presidente Jair BolsonaroMarcelo Camargo / Agência Brasil
Por O Dia
Rio - O presidente da República, Jair Bolsonaro, foi denunciado no Supremo Tribunal Federal (STF) por crime de constrangimento ilegal, após ameaçar um jornalista que o questionou sobre o repasse de R$ 89 mil de Fabrício Queiroz a Michelle Bolsonaro
A deputada federal Natália Bonavides (PT-RN) informou ter protocolado a denuncia contra Bolsonaro ainda na noite deste domingo, e o chamou de "delinquente contumaz".
Publicidade
Outros políticos também reagiram à fala do presidente. O líder da oposição no Senado, Randolfe Rodrigues (REDE-AP) afirmou que vai apresentar uma denúncia à Comissão Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA) sobre a violência contra a liberdade de expressão. Ele também repetiu a pergunta feita pelo repórter em suas redes sociais, marcando o presidente, aderindo a um movimento iniciado por jornalistas. 
Publicidade
O líder do PSB na Câmara, o deputado federal Alessandro Molon, criticou Bolsonaro e afirmou que "o que se espera de um presidente é que ele se comporte à altura do cargo que ocupa". Molon ainda disse que as ameaças à imprensa são ameaças à própria democracia. "Além disso, Bolsonaro tenta esconder o que aos poucos está vindo à tona: seu envolvimento num esquema criminoso."
*Com informações do Estadão Conteúdo