Sites de decoração express modificam a casa em tempo recorde
 - Divulgação
Sites de decoração express modificam a casa em tempo recorde Divulgação
Por Marina Cardoso

Decoração express: essa é a nova tendência do mercado para quem não tem muito dinheiro para gastar nem tempo disponível, mas quer fazer mudança de visual em algum cômodo da casa. O modelo vem de programas de TV que fazem sucesso há alguns anos na telinha. Mas quem optar pela experiência deve ter em mente uma regra básica do processo: não basta ser cliente, tem que participar.

O serviço é disponibilizado por inúmeros sites. Entre eles, ArqExpress, As Arquitetas ou Amigarquiteta. Duas modalidades são oferecidas aos interessados. Numa delas, o consumidor agenda a visita do profissional ao imóvel. O arquiteto avalia, então, as possibilidades do espaço fazendo coleta de dados, tirando fotos e medidas e, depois, elabora o projeto. A execução é feita, posteriormente, numa parceria entre o morador da casa e o especialista contratado.

"Esse trabalho só cabe para casos em que as transformações pressupõem execução com duração de, no máximo, um mês. Tem que ser rápido", explica a arquiteta Claudia Marandino, do site As Arquitetas.

Uma segunda opção, disponível em alguns sites, pode ser um caminho para quem tem menos dinheiro para gastar, mas não quer abrir mão de uma consultoria na área. Nessa modalidade, o profissional faz o planta de acordo com as medições e fotos feitas pelo cliente e as envia pela internet. Ou seja: a tarefa de pôr mãos à obra fica totalmente a cargo do contratante. É possível encontrar planejamentos do tipo por R$ 600 (um cômodo), preço cobrado, por exemplo pelo requisitado site Amigarquiteta.

Como a ideia da decoração express é renovar a casa gastando pouco e o mais rapidamente possível, esse sistema é, segundo especialistas do mercado, uma opção interessante para pessoas que moram em apartamentos ou em casas alugados.

Para a designer de interiores Flávia Zmetbaum, responsável, no Rio, pelos projetos da ArqExpress, a decoração express retrata o comportamento atual dos consumidores. "Esse tipo de serviço caracteriza muito bem a velocidade do mundo atual. Hoje em dia, as pessoas querem algo mais dinâmico e algo que possa mudar daqui a algum tempo, não querem uma decoração que fique ali para sempre", explica a designer de interiores.

Você pode gostar
Comentários