Almofadas também participam da decoração, com versões em camurça ou veludo molhado, um tecido que é uma das tendências atuais - Divulgação
Almofadas também participam da decoração, com versões em camurça ou veludo molhado, um tecido que é uma das tendências atuaisDivulgação
Por Marina Cardoso

Rio - Com a chegada do outono, as pessoas já observam sinais mais fortes da virada do clima. A temperatura quente durante o dia e cada vez mais frio à noite pede ajustes na rotina, principalmente em casa. Por isso, especialistas dão algumas dicas valiosas para trazer o aconchego que requer a temporada. Eles dão também toques sobre tendências de design para o outono-inverno, deixando o espaço com mais charme.

A arquiteta Karina Korn, do escritório Karina Korn Arquitetura, explica que uma boa opção para esse período é investir em cores mais neutras e com tons da natureza. "Lance mão dos tons terrosos, que intensificam a sensação de acolhimento dentro de casa. Boa pedida também é o acobreado, forte aposta da estação", explica a arquiteta. Outras cores que os moradores podem utilizar são também dourado, castanho fechado e outros tons terrosos.

Os moradores podem investir nesses tons em vasos, almofadas e bibelôs, por exemplo. É recomendável também a utilização de alguns móveis feitos com elementos naturais, como uma mesa de centro reaproveitada de troncos. Segundo decoradores e arquitetos, as formas orgânicas trazem um charme ao lar.

Uma das características das estações frias é a liberdade para apostar nos tecidos quentinhos, como o estiloso maxi tricot e mantas. "É hora de tirar as mantas dos armários e colocá-las na poltrona do cantinho de leitura e nos sofás", afirma Karina. Almofadas também participam da decoração, com versões em camurça ou veludo molhado, tendência dos últimos tempos.

"Quem não usa tapetes pode começar a incluí-los na decoração nesta época mais fria do ano. É interessante fazer uma sobreposição de duas ou mais peças. As cortinas também são uma boa pedida. Um forro grosso na janela pode aquecer ainda mais a casa", orienta a arquiteta Denise Barretto.

Mais conforto

Denise Barreto orienta sobre qual deve ser o primeiro passo na hora de pensar no conforto de uma casa durante o frio: "O morador deve rever todas as vedações de portas e janelas para ter a certeza de que os cômodos estarão bem protegidos".

Além disso, o morador precisa ficar muito atento à questão da ventilação para não ocasionar problemas de saúde na família. O ideal é que, diariamente, seja escolhido um horário para abrir a casa (portas e janelas) para ventilar os ambientes e deixar o sol entrar, com o intuito de também manter a casa mais quentinha. "Outra sugestão é a utilização de aparelhos antimofo ou desumidificadores para sugar o excesso de umidade", complementa a arquiteta Denise.

Pensando nesse cenário, as lareiras ecológicas também são uma solução bem interessante, por serem mais práticas e produzirem menos sujeira.

Você pode gostar
Comentários