Produtos repaginados dão nova cara à decoração

Morador pode optar por usar peças velhas de formas bem diferentes

Por Marina Cardoso

Há opção de pintura, troca de tecido ou mesmo acrescentar bordados
Há opção de pintura, troca de tecido ou mesmo acrescentar bordados -

Rio - Sabe aquele móvel antigo que acumula poeira dentro da garagem? Ele pode ganhar uma cara nova e, assim, dar um toque especial à decoração da casa. Então, mãos à obra. Se você quer dar uma repaginada em objetos velhos, fique atento a algumas dicas preciosas dadas por especialistas ouvidos pelo DIA.

O primeiro ponto a ser levado em consideração é o contexto. Se essa regra for bem trabalhada, o morador pode até mesmo colocar algo antigo em um ambiente moderno, sem que o objeto pareça uma peça encostada. O efeito pode, inclusive, ser o oposto: em vez de parecer secundário, o item pode virar destaque no novo espaço. Um estrado de cama pode se transformar em um belo conjunto de prateleiras na sala. De coadjuvante a protagonista.

“É interessante observar que alguns móveis mais antigos como cristaleiras e armários com portas de vidro podem ficar atraentes em um contexto moderno. Eles podem ser usados como galeria de coleções repletos de objetos fascinantes e modernos”, orienta a arquiteta Tânia Eustáquio. As opções de reciclagem são ilimitadas: a mesma cristaleira pode servir como espaço para biblioteca.

Num exemplo mais radical, um skate pode virar uma mesa de canto. As transformações dos materiais também devem ser minuciosamente pensados (sem esquecer a criatividade). “O morador pode dar uma repaginada de diferentes maneiras. Pode apostar na pintura, que é uma forma rápida e fácil; ou na troca de tecido; ou acrescentar detalhes de bordados”, orienta a arquiteta Cris Paola, do Studio Cris Paola.

Estrado da cama de casal virou uma estante na sala, com pintura na cor esmalte branco acetinado - Divulgação

São boas dicas, com certeza! No entanto, é sempre importante ficar atento às restrições. Segundo Tânia Eustáquio, pintar um móvel velho, por exemplo, deve ser uma opção escolhida somente para o caso de peças danificadas. Isso porque a nova camada de tinta pode resultar em perda de característica do item. “Pode-se optar por ebanizar uma penteadeira (tingir com tom semelhante ao da madeira) e colocá-la em um hall”, instrui Tânia.

Mais reciclados

Os produtos que mais ganham repaginação dentro de casa são cômodas, mesas, cadeiras, azulejos, luminárias e tapetes, pois, segundo especialistas, normalmente são os itens que os moradores têm há mais tempo. Veja o exemplo das cadeiras antigas. É possível transformá-las a partir de pequenas ideias. Pode-se colocar uma tapeçaria, investir em um revestimento com viés moderno. Enfim, basta deixar tudo por conta da imaginação. E do bom senso, claro!

Galeria de Fotos

Há opção de pintura, troca de tecido ou mesmo acrescentar bordados Divulgação
Estrado da cama de casal virou uma estante na sala, com pintura na cor esmalte branco acetinado Divulgação

Últimas de Imóveis e Casa